SFC: Princesa Adormecida - Resenha

Ok, ok, eu sei que 22:20 h. da noite não é exatamente a hora mais apropriada para se escrever um post, mas é o tempo de que disponho no momento e eu não queria passar mais um dia longe de vosmecês. Então, simbora fazer uma pequenina resenha, nesta nossa Sexta-Feira Cultural?

Siiimmm, eu li Princesa Adormecida, de Paula Pimenta. 

Comprei esse livro porque gostei da proposta de se trazer um conto clássico pros dias de hoje e porque fiquei bastante curiosa sobre como Paula Pimenta faria isso. Na verdade, eu já estava bem curiosa a respeito dessa autora, amada por muita gente por aí. Então,como o book tava na promo, por R$ 14,00 na Livraria Cultura, resolvi comprar e ver no que podia dar.

Princesa Adormecida reconta a história da Bela Adormecida, na pele de Rosa/Áurea, uma adolescente de 16 anos que quer viver uma vida de qualquer adolescente de 16 anos, mas não pode. Caso é que ela é super protegida por seus três tios, por conta de uma ameaça feita por Marie Malleville, uma mulher que fora apaixonada pelo pai de Rosa e que prometeu se vingar quando o papai se casou com a mamãe... (desculpa, no auge do meu cansaço não achei meio melhor de explicar toda a trama).

Para livrar a filha dessa ameaça, os Pais de Rosa, que na verdade eram da realeza de um país tão, tão distante, a mandaram para o Brasil, para ser protegida pelos tios (superprotetores - mas isso eu acho que já disse... não é?) até os 16 anos de idade. Rosa (ou Área), até que conhece por alto a história de sua vida. Mas ela achava que tudo não passava de doideira dos tios. Ela acreditava que seus pais tinham falecido em um acidente de carro quando de seus cinco aninhos de idade. E assim segue sua existência... quanto mais ela vai crescendo, mais vai entrando em discórdia com seus cuidadores, por não acreditar que precisava ser assim tão... tão... tão... protegida.

Eu tô meio que com preguiça de contar o resto da história, mas resumamos dizendo que no dia do seu niver, Rosa é levada, por suas amigas, pra conhecer um barzinho. Lá ela conhece uma tal de DJ Cinderela (bem apropriado, não?) que pede seu número de telefone pra entrar em contato num futuro que eu não lembro se seria mais ou menos próximo. É a partir desse contato que tudo começa a se desenrolar. Porque é com esse contato que Rosa começa a se comunicar com um menininho que ela nunca viu na vida e...

Bem, não vou dizer que amei o livro só porque ele é da consideradíssima PP. Na verdade, ele é beeemmm água com açúcar, não tem uma trama muito tramática (e se não existe essa palavra, acabei de inventar, obrigada) e eu fiquei desejando mais...
Resumindo tudo: achei a ideia ótima, mas a história, superficial. Acredito que ela, a autora, poderia ter trabalhado mais profundamente neste caso.

De qualquer forma, é um livro voltado pra adolescentes, né? Então não sei se eu deveria mesmo ter esperado tanto dele... 
Talvez o meu sobrinho, de 11 anos de idade, caso gostasse de ler, se interessasse deveras por essa leitura...
Eu, de minha parte, achei uma leitura fácil, leve, fofa e... nada mais.

Devo dizer, porém, que achei bem interessante o fato de Pimenta ter deixado, ao longo do livro, umas diquinhas básicas pra galerinha aí desse mundão. Como por exemplo: regras de vestimenta, princesas que vivem esperando principezinhos (negócio de namorinho), coisa e tal...

Ficha Técnica:

Livro: Princesa Adormecida
Autora: Paula Pimenta
Páginas: 189
Ano de Publicação: 2014
Gênero: Romance
Editora: Galera
Comprei em: Livraria Cultura Site
Preço: R$ 14,00
Estrelas: 3,8 estrelinhas, vai...
Indicação: para menores de 11 anos.

Bom Feriadão para os de Recifeee... Hehehehe

Abraços e Beijos!

Adna Maria.

6 comentários

  1. nossa, eu sempre tive curiosidade de ler paula pimenta, todo mundo fala bem dela, mas não sei se eu vou gostar, pq tenho 30 aninhos e é pra adolescentes né?! A gente vai ficando crítica com as coisas kkkk
    tbm sabe o que eu acho??? pros primeiros livros para os escritores, assim como para as primeiras músicas dos cantores, tudo é mesmo muito caprichado, conquistando assim muitos fãs. Mas depois, parece que fica morninho... parece que tem "só um dever a cumprir" , parece que fica uma obrigação sabe... sinto isso nas coisas, mas pode ser só minha impressão.
    Mas ficou legal a história pelo que vc resenhou. bjs
    quatroestacoes.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Danny! É, pra quem tá na casa dos 30, como a gente, é mais difícil gostar dessas historinhas, né? rsrsrs
      Beijoosss!!

      Excluir
  2. hahaha gostei da sua resenha! Super sincera! É assim que eu gosto ;)
    Sinceramente, eu queria comprar mais por causa da capa mesmo, que acho lindíssima! Comecei a ler um livro dela uma vez, mas achei muito chatinho, muito adolescente... Não que os livros adolescentes não me atraiam. Mas alguns são muito artificiais rsrs
    Beijãão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Dani... Esse, por exemplo, também achei super superficial. rsrsrs
      Mas a capa dele realmente é lindaa! rsrs
      Beijooss!!

      Excluir
  3. Nunca li livros da Paula, mais sempre leio resenhas maravilhosas, mais não me encanta sabe... acho que como você disse é muito adolescente
    Beijos

    Blog Segredos da Cáh
    Instagram
    Facebook
    Canal do You Tube

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Camila... Acho que num é muito pra gente não, né? rsrsrs
      Se bem que tem gente na nossa idade que também é apaixonada por ela...
      Beijoooss!!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...