QFB: Vídeo - DIY - Faça Você Mesma - Lenço Antibrilho

O meu rosto para fotos está marcado em dois momentos: o pré e o pós descoberta do Super, Hiper, Mega Lenço Antibrilho.


É sério. Isso é muito sério. Esses lencinhos mudaram minha vida, me deram uma nova existência, transformaram as minhas fotos, blá, blá, blá... 

Ontem eu estava a espiar, aqui no blog, meus retratos do ano passado e imaginando... "What?? Como você tinha coragem, Adna Maria?". É que toda a minha condição de garota-da-pele-oleosa estava marcada nelas.

Mas hoje em dia negócio é diferente. Volta e meia (principalmente quando vou fotografar ou gravar), estou cá sacando meus lencinhos antibrilho da bolsa e usando. E eles funcionam de verdade, posso garantir.

Mas não vou ficar aqui falando coisa que já disse NESTE POST AQUI.

Agora eu vim mesmo foi mostrar pra vocês como é que eu faço essa preciosidade em casa, gastando apenas R$ 0,20. Espia no vídeo:


Ei!! Esse lenço é um auxiliar nos seus cuidados com o rosto, tá bom? Você não tem que estar esfregando ele na cara o tempo inteiro. Portanto, é interessante que cuide da sua pele, lavando duas vezes ao dia e usando produtos anti-oleosidade para combater o mal pela raiz. Hahaha

E tu já sabe, né? Se tu gostou do vídeo, não deixa de compartilhar, curtir, comentar, se inscrever, blá, blá, blá...

Beijo pra Tuu!!

Adna Maria.




Inspiração do Dia: Confraternização Chorume 2014!

Sabe aquele líquido que sai do lixo, cujo odor é bem forte e tem alto potencial de contaminação? Pois então. A isso se dá o nome de chorume.

E o grupo aí em cima tem esse nome por causa de um trabalho que fizemos no terceiro período da Faculdade de Geografia. Quatro de nós (na verdade são 5. Um foi morar lá pros lados do Rio Grande do Sul - Cadê tu, Criiisss???) fizemos a pesquisa da Água, e três (na verdade foram 4. Também tá faltando um por aí - Cadê tu, Adson?), fizeram a pesquisa do Lixo. Depois nos juntamos numa bagaça só e viramos O Chorume. A mistura da Água com o Lixo.

Mas não pensem vocês que tudo foi muito fácil... Nãããoooo... Nós já brigamos muito nessa vida, já tivemos muita divergência de opinião, já choramos, já gritamos um com o outro, já entramos em deprê... 
É... ser um grupo não é mesmo nada fácil...

Só que nem tudo é tristeza/amargura/depressão. 
Nós também já desfrutamos de momentos engraçados, como fazer contas de matemática no auge do entorpecimento pelo vinho... 
Já desfrutamos de momentos de saudade, como quando Paty pediu pra alguém ver se seu cavalo (de quem ela aparentemente gostava muito) estava do lado de fora de uma sala de aula - UMA SALA DE AULA - a quilômetros de distância de seu batalhão.
Já compartilhamos confissões do tipo: "Eu gosto de homem que me bata!!" - Foi isso mesmo, Pessoas? kkkk
Nós já tivemos momentos de Clóvis... 
De Sandra... Ahhh, Saandraaaa... kkkk... Foi embora e numa mais voltou... 
Foi um tempo de colocações muito profundas, do tipo: "Ela podia me ligar, mesmo que fosse apenas pra dizer... 'Oi, TUDO BEEM?' " kkkkkkkkkkkkkkk

Foi um tempo em que levávamos a Cúmbia para onde fôssemos. 
Alcione nos acompanhava em praticamente todas as reuniões. 
E Ana Carolina, então...?
Foi um tempo em que quase fomos convidados a nos retirar de um Hotel em Maceió, considerando o incômodo dos vizinhos com a pequena bagunça que fazíamos dentro de um quarto.
Foi um tempo em que 6 de nós nos metemos dentro de um táxi, saindo de um baile de cúmbia (diga-se de passagem, praticamente ninguém sabia dançar - exceto por Lu e Adriano) no Eufrásio Barbosa pra ir dormir na sala da casa de Adson, na PE-15.

Aiai... Aqueles tempos...

E agora estamos aqui... 
Dez anos depois...
Casados e com filhos (alguns)...
Apenas relembrando os bons e velhos momentos que passamos juntos...

Eu amo vocês, Pessoas! Amo mesmo!
Vocês são aquela família (do tipo pavorosa) que Deus nos permite escolher... E todos os agregados são sempre muito bem-vindos... Claro!

Já estou com saudades!

Abraços e Beijos!

Adna Maria.

TFLM: Vestido com Tênis + 1 Vestido / 3 Looks

Semana passada mostrei um Look Pretinho Básico com Scarpin (clica no link pra ver o post) e prometi que esta semana traria o mesmo vestido, só que dessa vez com tênis. E agora estou cumprindo a promessa. Haha

Caso é que tênis é o vai-com-tudo do momento, né? E eu vou confessar que tô adorando essa novids, já que antigamente não era muito de usar tal calçado porque achava negócio meio desleixado. 

Mas com essa nova onda, a gente pode usar o mesmo tenisinho com roupas mais arrumadinhas, ficar confortável e ainda estar na moda... E tem coisa melhor que isso??


E agora resolvi trazer um 3 em 1, com o mesmo pretinho básico vestido de forma diferente:

O primeiro look vem mais esportivo, com óculos aviador, tênis e bolsa a tira colo um tanto mais despojada.
O segundo look é um mais elegantinho, com scarpin e bolsa a tira colo mais arrumadinha.
O terceiro look é mais sexy, com esse peep toe de lacinho, jaqueta de couro e bolsão.

Espia.

Exxpioou? Será que agora a gente pode dizer que dá, sim, pra variar no look com o mesmo pretinho básico, hein? rsrsrs

Abraços e Beijos pra Tu!

Adna Maria.

SFQC: Vídeo Tag - Chatices Literárias

Hoje é Segunda-Feira de Qualquer Coisa e tem Tag no Canaaal!!!


E o nome dessa Tag é Chatices Literárias. Simbora conferir os tópicos??

1. Um Livro que todo mundo gostou e você achou um saco.
2. Um Livro que todo mundo acha fantástico, mas você não gostou.
3. Um Livro que tinha tudo para ser bom, mas é chato.
4. Um Livro com personagem principal intragável.
5. Um Livro com final terrível.
6. Um Universo onde você não gostaria de morar.
7. Um Livro que você ainda não leu, mas acha que vai ser chato.
8. Um Livro que tinha tudo pra ser chato, mas você achou legal.

E olha só as respostas bem aqui:


E tu? Por que não se inscreve no canal, curte o vídeo, segue o blog, curte a fanpage, vem bater um papo legal comigo, etc, etc, etc...? rsrs

Boa semana pra todo mundo!!

Abraços e Beijos!

Adna Maria.

SFC: A Emparedada da Rua Nova - Resenha!

E estava eu lá na Livraria Cultura, procurando o presente de aniversário que ganharia do meu amor quando, de repente, dou de cara com A Emparedada da Rua Nova.


E eu vou confessar que não sabia da existência desse livro, nem dessa minissérie (Amores Perfeitos, da Rede Globo - adaptação da obra de Vilela)... 
É... Não diria que sou muito de televisão...  
O que me chamou atenção de verdade no livro, quando na livraria, foi saber que ele tinha como cenário a Rua Nova... A nossa Rua Nova Recifense. Agora me diz tu? Como não trazer tal preciosidade para casa? Pois então... Trouxe.

A Emparedada da Rua Nova é um romance que nos faz conhecer  uma célula especial da sociedade recifense do século XIX. A trama se passa em 1864 e é toda construída com base num misterioso cadáver, descoberto no Engenho Suaçuna (é, na época era com cedilha mesmo), que suscitou todo um buchicho na comunidade.

ENGENHO SUASSUNA ANTIGAMENTE E ATUALMENTE
Fotos retiradas do site:
http://jaboataodosguararapes.blogspot.com.br/2009/06/usina-jaboatao-engenho-suassuna.html
"Quem será?" É a pergunta que inicia a publicação na Gazetilha O Jornal de Recife que, inclusive, publicou de fato esta página, fazendo muitos pensarem se a trama de Carneiro Vilela não seria uma narração de história real, quem sabe ocorrida vinte anos antes da sua narrativa. É que, além dessa prova documental do assassinato, em certos momentos do livro o autor menciona que essa historinha foi repassada para ele por uma tal de Joana, ex-escrava da família Favais, esta que é alvo de seu Romance.

Bem, para início (ou meio?) de resenha, devo dizer que o autor inicia o enredo por perto do fim. Ou seja, ele começa com o assassinato supracitado e vai descascando a cebola até nos fazer entender os mistérios do crime, bem como chegarmos ao assassino e à misteriosa vítima. Não sei se devo contar muito dessa história, mas me sinto na obrigação de dizer que o negócio do emparedamente só acontece mesmo é no final do livro. 

Agora, sem entrar muito em detalhes, o livro intenciona mostrar "o lado podre" da burguesia recifense, narrando drama, suspense, ódio, ciúme, mentira, traição (siimm, negócio é montado em cima de uma traição). Assim, ó:

  • Um sedutor irreparável, Leandro (interpretado por nada mais nada menos que Cauã Reymond, na minissérie - coisa que ouvi falar), resolve mexer com as damas casadas da sociedade e aí... 
  • Um abastado comerciante e marido traído (Jaime Favais), resolve se vingar do amante e aí... 
  • O sobrinho ambicioso resolve chantagear a própria família e aí... 
  • O amigo do sobrinho resolve ajudá-lo na investigação dos fatos e aí... 
  • O sogro honesto descobre a trama toda e aí...

Joaquim Maria Carneiro Vilela, primeiro presidente e co-fundador da Academia Pernambucana de Letras, romancista, comediógrafo, poeta, jornalista, (ou seja, ele escrevia), advogado, ilustrador e pintor paisagista, também já foi secretário do Governo, bibliotecário e juiz, bem como fundou o Jornal Oriente, a América Ilustrada e a João Fernandes. O cara era um narrador tão bom que algumas vezes eu "ouvia" - na minha mente, é claro - o próprio Cid Moreira, em chamadas como:

"Como é que o venerando e honrado Comendador, a quem - o leitor deve lembrar-se - deixamos [...] se achava agora em pé à porta da alcova do genro..."
"Que motivo o havia conduzido até ali, àquelas horas...?"

Pois é, pensei em Cid Moreira narrando o Você Decide. Ou o Globo Repórter. Ou o Fantástico. Ou qualquer outro programa jornalístico da Rede Globo.

E já que estamos falando em narrativa... esta é beeemmm extensa, sabe? Mas não é pra menos. Antes de se avolumar em livro, a obra foi publicada em folhetim, no Jornal Pequeno, entre Agosto de 1909 e Janeiro de 1912. Ou seja, coisinha tinha que ser extensa mesmo... E eu só fico pensando na agonia do povo, ansioso por ler cada publicação... Negócio foi muito longo, minha gente! 

Jornal Pequeno, onde era publicado o Romance...
Ainda com relação à narrativa, em alguns momentos a gente tem uma sensação de congela/descongela, do tipo: tá havendo uma ação - congela - o autor narra uma explicação sobre isso - descongela - a cena segue... Cara, o cara era muito bom!

Talvez por causa de sua publicação diária, os capítulos são curtíssimos. O que pra mim é muito bom, já que não tenho muita paciência para capítulos longos. Faço o tipo que fica olhando o tempo todo pra ver quantas páginas faltam para irmos ao pró-ó-xi-mooo!

Com relação à linguagem, ela faz o tipo formal e de época, mas sem ser chata. Em alguns trechos do livro o autor reproduziu a linguagem dos matutos de Jaboatão. Era um tal de: vosmecê, venda, oxente, inhôr, aribus, pru'qui... Mas essa reprodução de dialetos não ocorreu na obra toda, e explica o autor porque... 


Eu sou suspeita pra falar deste livro, né? Afinal, sou pernambucana tiete, adooroo um romance de época fundamentado em história, e pra mim foi simplesmente adorável conhecer alguns aspectos de nossa RMR de 150 anos atrás. Saber que a hoje movimentadíssima Conde da Boa Vista, naqueles tempos tinha seus moradores sentados nas calçadas, falando da vida alheia, é algo no mínimo engraçado.

Tentei achar na net as fotos da Conde da Boa Vista e da Rua Nova de antigamente, mas num consegui muita coisa não... :( Queria muito fazer um antes e um depois das duas ruas, mas...

Ficha Técnica:

Livro: A Emparedada da Rua Nova
Autor: Joaquim  Maria Carneiro Vilela
Editora: Cepe
Gênero: Romance
Edição: 5
Ano: 2013
Páginas: 518
Estrelas: Adivinha? Eu acho que são 5... hahaha
Se recomendo?? Mas é claarooo!! Está indicadíssimo em alto nível.

E assim foi...

Bom Final de Semana pra Todo Mundo!

Abraços e Beijos!

Adna Maria.

QFB: Cronograma Capilar - Produtos que Estou Usando

Então, como o título deste post bem o diz, vim trazer aqui os produtos que estou usando, no momento, para manutenção do meu cronograma capilar.


Siimm, faz um tempinho que sigo o cronograma. O que me falta fazer, na verdade, é aquele calendariozinho bonitinho, fofinho, organizadinho, coisa e talzinho... 
Caso é que não tenho saquinho pra isso... hahaha... Faço o negócio é no olhômetro mesmo. Uma semana eu só hidrato. Noutra semana só nutro. Na outra, eu reconstruo. E é assim...

... E esses aí em cima são os produtos que estou usando no momento. Mas isso eu acho que já disse, né? Então, por ordem de reposição, sigamos:

1. Para repôr água - Estou usando o kit de Hidratação da Pantene. Shampoo e Condicionar R$ 8,00 cada. Caixa com 3 ampolas R$ 10,00. Máscara R$ 15,00. Ou seja, tudo ficou por R$ 41,00.

2. Para repôr nutrientes - Amend Hair Dry. Shampoo e condicionador R$ 24,00 cada. Máscara R$ 28,00. O kit todo ficou por R$ 74,00.

3. Para repôr queratina/reconstruir - Capicilin Pós Química e Máscara Lancbio. Shampoo e condicionador custam cerca de R$ 11,00 cada. Queratina em Gel R$ 13,00. Máscara da Lancbio R$ 21,00. Todo o kit me custou R$ 56,00.

Aqui está o vídeo, onde falo mais um pouquinho do resultado dos produtos:


AQUI, eu falo um pouco mais sobre os potencializadores.
AQUI, eu falo mais sobre esses produtos da Capicilin e o resultado deles nos meus bebelos.
AQUI  (este é outro blog), você encontra maiores detalhes sobre o que é o cronograma capilar, e sua tabelinha.

E é isso. Se tu gostou do vídeo, não esquece de nos dar um joinha e de se inscrever no canal, no blog, na fanpage... Tá bom? rsrsrs

Abraços e Beijos!

Adna Maria.

Inspiração do Dia: Wishlist de Livros Para a Black Friday

Estou tentando, mais uma vez, passar por um momento de dieta literária. 

Não, não é que eu vá parar de ler. Quero só dar um stop na compra de livros.
Primeiro, porque não tenho mais espaço na minha estante para colocá-los;
Segundo, porque tenho mais de 30 livros não lidos lá em casa;
Terceiro, porque preciso guardar um dinheirinho pra reformar meu quarto (e assim colocar mais estantes, para ter mais livros... hahaha) e começar a gravar com um cenário decente pro Canal LD; 
Quarto, porque pretendo casar em breve e preciso economizar para este fim...
Enfim, motivo é o que não falta.

Então estou... ou estava... pensando em dar uma pequena paradex e só retomar com as compras quando tivesse pago todos os livros comprados no cartão de crédito, ou... quando tivesse lido todos os que faltam ser lidos da minha estante (o que acontecesse primeiro).

Claro que isso era só uma pretensão. Porque pra viciado é assim: basta acontecer qualquer coisinha que te remeta àquele vício e pronto: A recaída acontece.

É por isso que já fiz minha listinha-desejo dos livros-desejos que pretendo conseguir a preços beeemmm camaradas na Black Friday. E são eles:


1. O Essencial, Constanza Pascolato: Fala sobre etiqueta e moda. Como faz tempo que não compro um desses pra mim, quero usá-lo para me atualizar nesse mundo, com Constanza Chiquérrima. rsrs

2. Parisian Chic: Quero a versão em Inglês mesmo, pra treinar meu vocabulário modístico. O ruim é que ele tava por R$ 90,00 da última vez que vi na Livraria Cultura.

3. Man Repeller: Esse é de uma blogueira chamada Leandra Medine (confesso que não conheço). Segundo as boas línguas, o livro é bem irreverente e, nele, Leandra nos conta detalhes de sua trajetória de vida.

4. Não Se Apega Não: Uma coisa me chamou atenção para este livro. E foi: "Que me desculpe o criador da frase: 'você deve encontrar a metade da laranja'. Calma lá, amigo. Eu nem gosto de laranja. O amor vem pros distraídos". Adoorooo! rsrsrs... Senti personalidade. Aaahhh, Isabela também é blogueira.

5. Oz Complete Collection: Na verdade, este é um box com cinco livros. É em inglês, Hardcover (é... apesar de eu não gostar muito dos de capa dura, resolvi comprar esse mesmo... Até porque as paperbacks gringas parecem ser mais frágeis do que as nossas brochuras... #sóacho). Quero o Mágico de Oz em inglês pra treinar mais a língua; porque os livros são lindos e porque nunca li o Mágico de Oz, afinal de contas. Haha

6. Eu Sou Malala: Tô me segurando muuitooo pra comprar esse livro só na Black Friday, mesmo ele estando por apenas R$ 20,00 no Submarino... Mas aí tem coisa de frete e tals, e eu tô querendo ver se no Grande Dia ele estará mais baratinho.

7. Não É a Mamãe: Isso mesmo. Fala sobre nossa querida presidenta Dilma. E eu tô querendo muito, simplesmente.

8. Maria, A Vida Por Uma Causa: Isso mesmo. Fala sobre Marina Silva. E eu tô querendo muito ler, simplesmente.

9. Maus: É um HQ onde Art Spiegelman narra a luta de seu pai, um judeu polonês, para sobreviver ao Holocausto. Cara, eu tô muuuitooo doida por esse HQ! Só que ele é R$ 50,00 na Livraria Cultura e R$ 36,90 no Submarino... Num dá, né?

10. Persépolis: É um HQ autobiográfico, onde Marjane Satrapi conta sua vida da infância à fase adulta, no início do Irã durante e após a revolução Islâmica. Na Livraria Cultura tá por R$ 48,00. No Submarino tá por R$ 25,42. Eu acho que pode baixar mais de preço... hahaha

Se fosse comprar todos eles agora, provavelmente me levariam mais de R$ 500,00... 
Pois é...
E eu ainda tô precisando comprar o Terceiro Volume de Gen Pés Descalços, que está por cerca de R$ 30,00 na Estante Virtual...
Repito: Num dá, né?
O jeito é esperar...

Chega looogooo, Black Friday!!


Abraços e Beijos pra Todo Mundo!

Adna Maria.

TFLM: Pretinho Básico

Comprei esse vestidinho no início de 2013, lá pras bandas do Brás, em Sampa, e o só usei uma vez. E essa vez faz mais de um ano... 

Caso é que não sou muito de sair na night e, portanto, não tenho lá muitas oportunidades de usar minhas roupitchas.
Além disso, também não sou (ou era?) muito das criatividades com roupa. Por isso sempre acreditei que, com um vestidinho tão básico quanto esse, não conseguiria variar muito no look...

Ahhh, mas agora tô tentando mudar essa bagaça... E já estou a produzir looks novos com peças antigas (será??)... hahaha

Então é assim que hoje trouxe esse pretinho básico com scarpin e semana que vem trarei o mesmo vestidinho com tênis... Como será que vai ficar, hein? Tãdãdãdã...


Ahhhhh, estreei a bolsa que minha sogra me deu também, pra ver se dava uma corzinha a mais ao quase all black look... 

Então foi assim... rsrsrs

Abraços e Beijos!

Adna Maria.
Créditos: Scarpin Gisele Bundchen by C&A / Vestido comprado numa lojinha no Brás - SP / Bolsa que ganhei da Sogra.

SFQC: Vídeo Tag - Vou Confessar Que...

Obaaaa!! Vamos responder Tag!!! Yeaahhh!!


Eu vi essa tag no blog de Taciele Alcolea e por algum motivo meti na cabeça que foi ela quem criou... Acho que confundi as tags... rsrsrs... Mas ignoremos essa parte. 

Então, hoje vou confessar algumas coisinhas que eu acho que as pessoas não sabem sobre mim... 
Bora ver?


Então foi assim...

Não esquece de se inscrever no canal... e de curtir o vídeo... e de compartilhar, se tu quiser... E se quiser falar comigo também, estou bem aqui esperando vocês! Hahaha

Abraços e Beijos!

Adna Maria.

SFC: Lendo meu Primeiro Mangá - Gen Pés Descalços

E finalmente hoje estou trazendo minhas impressões sobre a Leitura de meu Primeiro Mangá. Pois é, pois é, pois é... 


Primeiro de tudo, para os que não sabem, Mangá é uma espécie de quadrinho japonês, com representação gráfica própria e lido de forma um tanto diferente da nossa. Essa diferença consiste em ler o "quadrinho" de trás pra frente, e da direita pra esquerda, como falo bem aqui nesse vídeo:


Preciso confessar que nunca tive muita vontade de ler Mangás até ler O Último Trem de Hiroshima. Caso é que esse livro me apresentou Gen, um garoto que teve que aprender desde cedo a lidar com a dor e assumir responsabilidade de gente grande.

Gen Pés Descalços, portanto, é uma autobiografia de Keiji Nakazawa, contada em forma de quadrinhos. Este primeiro volume vai de Abril de 1945 (época em que a família de Gen estava completa, mesmo sofrendo os horrores da guerra) até Agosto, quando do lançamento da Bomba (sendo mais precisa, a bomba foi lançada às 8:15 h, do dia 06 de Agosto de 1945).

O autobiografia foi lançada em 1970, época em que o mundo (incluindo alguns japoneses) ainda desconhecia os efeitos das bombas sobre Hiroshima e Nagazaki. Esse Mangá foi, portanto, um dos meios mais importantes de divulgação dos horrores provocados pelas bombas nucleares. E é justamente com o objetivo de divulgação que, hoje em dia, a obra pode ser encontrada em diversas bibliotecas escolares de vários países.

Como falei no vídeo, algumas coisinhas me incomodaram nessa leitura. A exemplo de:

1. Linguagem: achei um tanto simplória. 
2. Os traços: não que eu seja artista, nem conhecedora dessa arte, mas às vezes olhava pro rosto do desenho e não via sua expressão condizente com o que estava sendo dito... se é que vocês me entendem...
3. Violência Doméstica: Hahaha... O fato de, de uma hora pra outra, os pais baterem nos filhos, ou os insultarem com adjetivos como: "idiota!" me incomodou sobremaneira (eu os chamaria de bipolares, se vivessem na época de hoje).


Tirando essas pequenas coisas, acho que a obra vale super ser lida. Pra gente conhecer um pouco de história, de forma fácil, e pra gente conhecer os horrores provocados pela bomba atômica... antes de desejarmos algo do tipo caindo na cabeça dos norte-americanos, por exemplo... É... Por incrível que pareça, ainda tem gente desejando esse tipo de barbaridade hoje em dia...

Ficha Técnica:

Coleção: Gen Pés Descalços
Autor: Keiji Nakazawa
Gênero: HQs
Encadernação: Brochura
Páginas: 280
Ano Lançamento: 2011
Comprei em: Submarino
Preço: R$ 18,00
Estrelas: 4,5 estrelinhas, por causa de todos os contras mencionados. 
Nível de Indicação: Altíssimo! Apesar dos contras mencionados, a leitura vale muitooo à pena.

Abraços e Beijos pra Todo Mundo!

Adna Maria.

Inspiração do Dia: Um Pedacinho do Brasil

Hoje estava eu a caminhar pela Antiga Ponte Giratória do Recife (essa da foto aí embaixo), sob um sol lindo, vendo o lindo verde do Rio Capibaribe (ééé, esse que deságua para o mar) e pensando...
Foto retirada da Internet
... "Caraca, isso aqui é mesmo demais, né?" - E aí não pude deixar de me emocionar com a música de Reginaldo Rossi, esse Pernambucano arretado que um belo dia resolveu compor...




Hei! Vem cá que eu quero te mostrar
Hei! A minha cidade, o meu lugar
Hei! Recife tem um coração
Hei! Tem muito calor, muita emoção



...



Tem Luiz Gonzaga, rei do baião
Tem Alceu Valença, anunciação
E em Olinda, o Carnaval
É o melhor do Mundo
É sensacional






Recife tem encantos mil
É... um pedacinho do Brasil
É um paraíso tropical
Tem... um acervo cultural



Ela é a Veneza desse Brasil
É entrecortada por muitos rios
A capital do meu Pernambuco
Capitania que deu mais lucro








Ela é a cidade que viu surgir
Três grandes heróis da nossa nação
O negro Henrique e o branco Negreiros
O índio Felipe e o Camarão



De Porte Alegre até Boa Vista
De Porto Velho até Natal
Em diagonal, até Fortaleza
O Brasil, eu sei, tem muita beleza
Mas sou de Recife e devo cantar





A minha cidade, o meu lugar...

Então é essa a minha Inspiração de hoje... É brega? E daí? É liiindoooo!!

... O que só me lembra outra música...

"É lindo ver o dia amanhecer
com violões e pastorinhas mil..."

Abraços e Beijos!

Adna Maria.

Mercado Literário: Comprei, Ganhei, Li em Outubro/2014

Essa minha semana tá de cabeça pra baixo. E este blog, como parte de mim, também tá meio virado. E é por esse motivo mesmo que estou postando o vídeo da Segunda na Terça-Feira de Look Meu. Caso é que ontem estava eu, quase meia-noite, tentando postar, mas, qual não foi minha surpresa, minha net faz a gracinha de ir embora. 

E o resultado é esse.

Mas, então, a boa notícia é que hoje não tô podendo tagarelar tanto. Então vamo direto ao assunto, né? (E a galera grifa "Ufaaa!")

Ok. Simbora começar com os livros que comprei. Todos na promo do site da Livraria Cultura, diga-se de passagem. 

1. O Diário de Anne Frank: R$ 14,00
2. Princesa Adormecida: R$ 14,00
3. Miley Cyrus: R$ 34,90
4. Inferno: R$ 24,15 (contra os 29,90 que eu mencionei no vídeo)
5. Josefina: R$ 34,90
6. Gen Pés Descalços vol. 2: esse eu comprei na Estante Virtual e me custou, já com frete, R$ 18,00



Já os ganhados no Blog Quatro Estações, foram...



1. Um Agente Muito Especial... que já li, inclusive.
2. Labirinto de Paixões
3. O Amor me Persegue





E esses três foram os que li...


1. A Mulher na Idade Média
2. Os Doze Guardiões da Luz... Resenha AQUI
3. Gen Vol. 2








E os detalhes estão bem aqui neste vídeo:

Claroooo que eu não poderia deixar de agradecer os 100 inscritos do Canal Lendo o Dia, né? 
Afinal, cada gente que se inscreve aqui é uma emoção a mais pra mim, porque sinto que essa pessoa se identifica de alguma forma com o que digo. 
Gente, obrigadaaa de verdade... Cada inscrito é uma pequena exultação na minha vida. Vocês são demais!

E tu que ainda não se inscreveu, tá perdendo tempo por quê, posso saber? Se inscreve lá pra acompanhar as nossas novids, vai?

Abraços e Beijos pra Todooo Mundooo!!

Adna Maria.

TFLM: Look Trabalho

Apesar de trabalhar em escritório, posso dizer que não temos lá muitas formalidades no meu emprego. Raras são as vezes que visto calça social para ir trabalhar. Quando isso acontece, é porque as minhas jeans estão todas sujas... #sorrymaséverdade!... ou eu tenho alguma audiência pra ir (coisa que só acontece de dois em dois anos, quando acontece).

Então, é nessa vibe de informalidade que venho apresentar aqui procês um Look Trabalho. Ok, ok, claro que entendo que nem todos os escritórios são tão informais quanto o meu (sim, sim, todo meeeuuuu!! hehe), mas... Tem sempre aqueles que deixam você se vestir à maneira que pode, né?

Mas voltando ao Look em questão, não acreditem que é sempre que venho trabalhar com salto. rsrs
Na verdade, não tenho lá muito saco pra pegar ônibus toda trabalhada no Luiz VX, se é que você me entende. Geralmente (e isso quer dizer praticamente todos os dias - exceto quando Evandro me traz, como aconteceu nesse dia) venho de sapatilha mesmo. Tirando esse pequeno detalhe, eis uma amostra de meu look diário.


Então é assim...

Abraços e Beijos!

Adna Maria.
Créditos: Blazer e Blusa by Filó&Fulano / Calça by Colombo / Sandália by Esposende Calçados / Bolsa by C&A.

SFQC: E Ele se foi...


Desde que conheci Evandro, no início de 2008, nós nunca deixamos de nos falar. 
Mesmo não nos vendo todos os dias, todos os dias ligamos para o outro. 
Mesmo em momentos de chateação intensa, a gente se fala... só pra saber como o outro tá, ou talvez pra reclamar um pouco e/ou fazer as pazes.
É sério, a gente não aguenta passar uma noite brigados. 
Minha tia me disse um dia desses que o nosso relacionamento é um problema, porque um parece ser o ar que o outro respira... Mas é assim, fazer o quê?

E, exceto por um período em 2011 que ele precisou se ausentar também pra fazer um curso, nós nuuncaaa ficamos mais de 3 ou 4 dias sem nos ver.

Pois é... Agora ele vai passar 45 dias longe de mim. E, nesse período, a gente não vai poder se comunicar por nenhum meio. Imagina a minha desolação... 

Foi aí que decidi, meio sem querer querendo, dizer pra ele uma música que expressava todo o meu sentimento momentâneo.

E esta música falada (de Novo Som), tá bem aqui:


E eu juro que não ia publicar esse vídeo... Mas tive alguns inconvenientes com relação ao vídeo do Mercado Literário e aí... Foi...

Abraços e Beijos!

Adna Maria.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...