SFC: A Força dos Quietos - Resenha

Tem muita gente que não acredita, mas vou te dizer uma coisa: eu sou tímida sim. E mais: tenho muito de introvertida e algo de anti-social morando dentro de mim.

Por um longo momento de minha vida, convivi com essas minhas características numa boa. Eu até gostava disso. Mas ultimamente senti que essa timidez (ou mistura dos três pontos àcima) tava começando a me atrapalhar. Porque não era algo que eu botasse e tirasse de mim, como um acessório. Era algo que ia comigo pra qualquer lugar, mesmo quando eu queria deixá-la em casa. Foi aí que busquei o teatro como ajuda.

Ok, ok, o teatro pode nos ajudar na questão da timidez. Mas... e essa introversão danada? O que fazer dela? Porque um tímido pode até trabalhar sua timidez. Mas e um introvertido? Como trabalhar sua introversão?

Foi assim que, passeando na Livraria Cultura, vi esse livro e resolvi... 
É... comprei...


Nesse mundo em que comunicação é tudo e onde a oratória é fator de grandessíssima importância, não dá pra ficarmos pra trás na hora de desempenhar certos papeis. E um dos papeis que precisam ser desempenhados com maestria é a influência.

Muitas vezes pensamos que só os extrovertidos tem o poder de influenciar quem está ao seu redor, primeiro porque eles amam estar rodeados de pessoas (enquanto nós nos sentimos mais confortáveis longe delas... rsrsrs); segundo porque os extrovertidos são seres alegres, simpáticos e muito, muito comunicativos e eloquentes. Os extrovertidos conseguem vender seu peixe, enquanto nós... bem... nós somos essas coisinhas que adoramos ficar no conforto de nosso lar, na companhia de nós mesmos, e que temos essa dificuldade incrível de nos comunicar com gente.

É assim que Jennifer B. Kahnweiler indica, em A Força dos Quietos, caminhos pelos quais nós, os introvertidos, consigamos nos tornar também grandes influenciadores, sem precisar, necessariamente, tentar ser o que definitivamente não somos: extrovertidos.

E esses caminhos indicados pela autora são:

1. Momento de Silêncio - para repor energias e pensar estrategicamente, a autora propõe que reservemos algum momento de nosso dia para o silêncio.
2. Preparação - é o nosso plano de influência; o planejamento de nossas propostas.
3. Escuta Atenta - acontece ao prestarmos atenção não só ao que a outra pessoa está dizendo, mas também ao que seus gestos, seus olhos, seu corpo fala... A Escuta Atenta é de suma importância para conhecermos a outra pessoa e, assim, planejarmos as nossas propostas.
4. Conversas Focadas - o nome já diz tudo. Atenção para não desviarmos o assunto em questão.
5. Escrita - para Jennifer, (e pra mim também... rsrsrs), a Escrita é o melhor meio pelo qual um introvertido pode se comunicar. Mas pra isso é preciso ter um pouquinho de atenção. Será que estamos passando realmente o que queremos, através do que escrevemos? E não vamos deixar toda a nossa comunicação ficar no campo da Escrita. Tem coisas que só são compreendidas quando usamos a comunicação verbal mesmo.
6. Plano de Mídias sociais - para a autora, as Mídias Sociais (Facebook, YouTube, Blog...) são os melhores meios que nós, introvertidos, dispomos para influenciar pessoas. E aqui ela dá exemplo de pessoas que deram super bem usando, por exemplo, o YouTube como meio de interação. Claroooo que eu amei essa parte né? Pena que é tão curta...

No fim de cada capítulo, a autora faz um resumo e propõe um exercício (e eu morro de preguiça dessas coisas). E, no fim do livro, ela dá esse conselho...

Quando vi esse livro, pensei logo com minhas abotoaduras: "É tudo o que preciso no momento! É a minha cara! Tenho que levar! Oh, my Gosh!"

Menos, Adna Maria, bem menos... Caso é que o livro é bom. Sure. Estou a usar a dica do Silêncio na academia. Enquanto corro, penso livremente nas coisas, sem alguma preocupação específica na cabeça. Inclusive, dizem por aí que é quando não estamos pensando em nada que temos os nossos momentos de maior criatividade. Por isso tem muita gente que tem seu momento Eureca! embaixo do chuveiro, por exemplo.

Mas... e sempre tem um Mas... como toda auto-ajuda, ele é um tanto... maçante... 
E por isso mesmo me arrasteeeeii nessa leitura, que deveria ter sido bem rápida, aliás, já que a fonte é graúda e o livro só tem 232 páginas.


E, por falar nas páginas, e porque já falei demais, e porque em algum momento vamos precisar terminar essa resenha... vamos à Ficha Técnica:

Nome do Livro: A Força dos Quietos
Autora: Jennifer B. Kahnweiler
Gênero: Auto-ajuda
Páginas: 232
Ano de Lançamento: 2014
Comprei em: Livraria Cultura
Preço: R$ 29,90
Estrelas do Lendo o Dia: 4 (Er... se tu não gosta de auto-ajuda, melhor não tentar)

Abraços e Beijos! 

Bom Fim de Semana pra Todo Mundoooo!!

E boa prova pra mim, amanhã... :(

Adna Maria.

8 comentários

  1. Eu quero muito ler esse livro! Ele é bem interessante e me identifiquei demais, já está na minha listinha há tempos.

    Blog | Canal de humor | Canal de beleza | Canal de literatura | Canal de Harry Potter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bela! Ele realmente nos dá um certo norte. Quando for comprar, pesquisa o preço. Porque comprei esse por R$ 29,90 mas vi hoje mais barato aqui na net.
      Beijooos, linda! Obrigada pela visita!

      Excluir
  2. Eu sou uma pessoa muito quieta, me identifiquei com o livro, acho que vou comprar ele!
    http://www.algumasprimaveras.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Larisse! Mesmo conselho dou pra você. Quando for comprar, dá uma pesquisada no preço... Beijoooss!! Obrigada pela visita e volte sempre!

      Excluir
  3. o que me mata nesses livros é a enrolaçao chamada encheçao de linguiça kkkk. Eles deviam ser mais diretos... depois reclamam pq nao vendem muitos exemplares, concorda?! Acho que eu sou 50% extrovertida e 50% introvertida. Ao mesmo tempo que tenho meus momentos "sem vergonha" tbm tenho meus momentos de anti-social, ficar em casa, conforto ... é possivel?! ou to endoidando nos meus quase 30 anos kkkkk. bjao adna, adorei a resenha.
    quatroestacoes.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkk... Danny, se não for possível, então temos aqui duas doidas! kkkkkk... Eu também tenho meus momentos de extroversão (com os amigos mais chegados, claro).
      Costumo dizer que sou uma introvertida-extrovertida. rrsrsrsrs
      Beijooosss!!

      Excluir
  4. Nossa amei cada frase ,me vi nesses requisitos sobre mudança ,estou passando por esse processo já fui extrovertida mas a vida esta me ensinando ser mais reservada bjs
    http://www.simonebastos2007.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Si! Às vezes é bom ser um pouquinho reservada né? Beijos, amiga!!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...