SFC: Um Papo Sobre Sociedade, Ditadura e Beleza!

Já que essa semana o bagulho tá louco mesmo aqui no LD, e eu aproveitei a Terça Feira de Look Meu pra postar Vídeo de Comprinhas... Hoje vou aproveitar também o espaço da Sexta-Feira Cultural pra falar de uma cultura diferente... Hoje não vai haver livros, mas haverá uma pequena discussão sobre sociedade, imposição, mulher, perfeição e maquiagem.

Caso é que ontem assisti um vídeo de uma top blogueira, paraibana residente nos EUA, chamada Fafella (apresentando para os que não vivem nesse mundo de blogs e vlogs), que decidiu fazer um vídeo sem maquiagem e bater um papo interessante, sobre o assunto, com suas leitoras. Imediatamente compartilhei o vídeo de Fafella no Facebook, mas é claro que eu não poderia perder a chance de dizer algumas palavrinhas por aqui, já que esse assunto também me interessa deveras.

Coincidentemente, dois dias antes de ver esse vídeo, eu conversava com um amigo sobre um livro que li recentemente (O Admirável Mundo Novo) e dizíamos da crítica/paródia que, ao meu entender, seu autor fez com a nossa sociedade. Vou fazer resenha da obra aqui ainda, mas adianto que, nesse livro, os valores são completamente invertidos (sob o nosso ponto de vista) e, no "Mundo Novo" um ser é totalmente rejeitado se pensar ou executar coisas diferentes dos demais seres.

Cheguei a fazer uma comparação desse mundo perfeito do livro com o mundo em que vivemos agora. Onde a sociedade também impõe que sejamos todos iguais, com pensamentos, ideais, vestimenta, maquiagem... tudo caricaturado. E pensei em qual seria a razão pra que pessoas diferentes incomodassem tanto a massa, ainda que não façam nada pra prejudicar ninguém. 

E eu fico pensando em como tem gente de mente fraca, que se deixa levar pela onda, como patinhos numa lagoa de limitações. E como tem gente que só é feliz agradando aos outros, porque assim ela (ou nós, já que em algum momento todos caímos na mesma onda) se sente inclusa em um grupo, em uma comunidade, em um meio... que simplesmente não podem nos aceitar do jeito que somos de verdade...
E aí eu lembro de "A Mulher de 30 Anos", de Balzac, onde a personagem faz um questionamento sobre se "Poderia encontrar a felicidade fora das leis com que a Sociedade, com ou sem razão, faz sua moral?"... Deixo que cada um de nós respondamos para nós mesmos, essa pergunta.

Falando especificamente sobre a ditadura da beleza, mais uma imposição social, acredito que assim como outros supérfluos, ela é ótima pra auto-estima de cada um (super apoio), mas não define nada de seu ninguém...

Isso quer dizer que você não é mais saudável, nem mais bondoso, nem melhor, muito menos perfeito... só porque tá de cara pintada... ou porque usa Channel... ou porque tem bolsa Louis Vuitton... ou porque ganha um bom salário (inclusive, conheço algumas pessoas dessa última categoria que tem um coração beemmm pobrinho, viu?)... ou porque tem sapato Louboutin... ou porque tem um pó Christian Dior... ou porque é famoso... ou porque não é famoso... ou porque tem um fusca (sim, tem muita gente por aí que se acha melhor que o outro por ser mais pobre... Pra esse tipo de gente, todo o rico é ruim, tá errado, não presta...) ou porque fez voto de pobreza só pra mostrar pros outros quão bom você pode ser...

E agora que dei meu recado, queria que todos, principalmente as mulheres, vissem de fato o bate-papo de Fafella. Esse que segue:


O clip que a que ela se refere, muito interessante também, é esse aqui:


Então... Que tal se comessássemos a respeitar mais o outro independente da opinião, da beleza, do credo, ou do dinheiro que ele tenha ou deixe de ter? 
Que tal começarmos a olhar melhor para o outro?
Mas que tal se olhássemos tão bem, mas tão bem, ao ponto de deixarmos nossa posição medíocre e enxergarmos o que existe por baixo da casca... Mas sem reprimendas, sem críticas, sem deboches?

Tentemos...

Bom Final de Semana pra Todo Mundo!

Abraços e Beijos!

Adna Maria.

8 comentários

  1. pois é, a algum tempo atrás postei uma coisa semalhante a esse post que serve perfeitamente para complementar, se vc me permite:
    quatroestacoes.blog.br/2014/04/beleza-ou-carater-em-que-ponto-nos.html
    Pra quem vive no mundo dos blogs, tem muito coisa de OSTENTAÇÃO... ai tudo fica igual e chega um ponto que não aguenta a pressao. Vi o video da Fafella, o clipe e o video da Flavia Calina tbm. Parabens pelo post Adna! bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Danny!
      Bjooosss pra tu, amiga, e obrigadaaaa!! rrsrsrs

      Excluir
  2. OIiiie, Miga, excelente postagem a sua. Chamar atenção para o excesso de beleza, estética e por que não paradigmas, compõe uma personalidade brilhante. Adorei viu. Bjkas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, Rytta! Acho que o problema é esse tal paradigma enraizado na mente das pessoas... Obrigada, amiga! Bjos pra tuuu!!

      Excluir
  3. As pessoas vivem atrás de metas e beleza quase imposíveis e esquecem de vivier. Acho que cada um tem o poder de escolher sua personalidade e trata-la da forma como desejar, sem influencias da mídia ou não. O importante é ser feliz consigo mesmo né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas concordo demais contigo, Ka! Acho que as pessoas esquecem que podem viver de acordo com as suas próprias convicções... Obrigadaaaa pela visitinha, Linda! Beijoss e volte sempre, tá?

      Excluir
  4. Então Adna, vi o vídeo, os vídeos aliás, e concordo com tudo que disse.
    Beleza é importante sim, se isso nos faz feliz, mas quando ultrapasse certos limites, acho que já passou pra outro setor (psicológico), porque quem não consegue conviver consigo mesmo, sem uma máscara deve estar com algum problema, penso eu.

    Eu sou feliz do meu jeito, uso coisas que muitos consideram brega, coisas de trocentos anos atras, coisa baratinhas de 1,99, e quer saber me sinto maravilhosa independente do que os outros acham, rsrsr.

    O seu post é ótimo, um grande alerta para todos nós, espero que muitas pessoas vejam e comecem a cair em si ...

    Bjks,
    My

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso, Minda! Como você, eu sou feliz do meu jeito, e só tenho a lamentar por pessoas que não aceitam isso... rsrs...
      Eu também espero que as pessoas caiam em si, viu!
      Bjoooosssss e obrigada pela visita!!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...