SFC: De Cuba Com Carinho - Resenha!


Primeiro de tudo devo dizer que eu não li esse livro.  Eu o bebi. Me embriaguei dele.
E agora que já está tudo esclarecido, vamos ao blá-blá-blá...

Senti vontade de ler algo sobre Cuba somente ano passado, quando de todo aquele reboliço sobre a vinda de médicos cubanos pro nosso país, através do Programa Mais Médicos.

Foi nessa busca por uma literatura cubana que encontrei o livro de Yoani, essa blogueira dissidente de seu regime político e da ditadura castrista (Fidel e Raul Castro, no poder há mais de 50 anos), que se auto denomina "um amor de rebelde". Yoani foi considerada pela revista Time como uma das mulheres mais influentes do mundo e o seu blog, o Generación Y, foi listado, também pela Time e pela CNN, como um dos 25 blogs mais importantes do mundo.

Mas, afinal, de que consiste o livro? Pelo que entendi, a obra é uma espécie de coletânea de posts do blog, onde Yoani, de forma super bem humorada, se não irônica, narra fatos que acontecem na ilha.

Ela faz colocações do tipo:
Desde aquele Abril de 2007, no qual comecei a redigir minhas desencantadas vinhetas da realidade, não tive um minuto de tédio."
E...
Em uma sociedade como a minha, pronunciar-se é o caminho mais curto para atrair problemas."
Ou...
Generación Y é a coisa mais arriscada que fiz em minhas três décadas de vida e, depois de começar a escrevê-lo, sinto com frequência os joelhos tremerem. [...] deixo claro em uma das páginas que o meu blog é um exercício pessoal de covardia: dizer na rede tudo aquilo que não me atrevo a expressar na vida real."
 #Quemnunca?


Para esta humilde leitora que vos escreve no momento, ler o livro "De Cuba com Carinho" foi um exercício pessoal de empatia. Fico pensando como seria pra mim, ou pra nós, brasileiros, viver numa sociedade onde até o sal é racionado; o algodão precisa ser comprado no mercado negro; a internet não é disponibilizada (e quando se consegue driblar o sistema para acessá-la é por um preço exorbitante); onde o salário mínimo fica algo em torno de R$ 40,00 (eu disse Quarenta Reais!); onde empresas privadas são inviáveis; onde o povo tem rabo preso com o governo (já que disso depende seus empregos); onde qualquer comercialização de produto fora das "dependências" governamentais é considerada crime; e onde os cidadãos precisam recorrer a contravenções para complementar a renda familiar, já que o governo (dito socialista) não cumpre corretamente as funções devidas... Isso sem falar na falta de direitos básicos da democracia... O direito de ir e vir livremente, de falar o que quiser, para quem quiser, sem ser penalizado por isso (tudo bem, vai, admito que esse direito também é meio precário no nosso país, mas...).

Bem, já ouvi muita gente defendendo o regime cubano (dizem as más línguas que o país apresenta saúde e educação de qualidade, além de um bom índice de desenvolvimento humano) mas eu, pessoalmente, agradeço profundamente por ter nascido brasileira. Não que este país seja um mar de rosas, mas aqui produtos básicos como sal e algodão nos são disponibilizados a preço de banana... Ou o eram, antes da inflação disparar e até a dita fruta subir de preço...

Aí, no final de seu livro, Yoani faz um apanhado histórico e político de Cuba e mostra que os bons índices tão aclamados não são nada verdadeiros se comparados com os mesmos índices de outros países. E diz mais: "as conquistas anteriores [a Fidel Castro] foram preservadas, mas a nova ditadura não produziu nenhum milagre.

E, pra quem tiver mais curiosidade sobre o assunto, eis a entrevista que a própria Yoani deu no Roda Viva, quando esteve no Brasil, ano passado.


Vale muitooo ser lido, Pessoinhas lindas do meu coração. Esse comprei por R$ 29,75, numa promo do Submarino. E ele me tem 204 páginas.

E é assim que me despeço...

Abraços e Beijos!

Adna Maria.

6 comentários

  1. nossa, depois de ler o post por completo e ver alguns trechos que vc colocou eu entendo a primeira frase do post... realmente, é facil se embriagar assim. boa resenha!
    bjao quatroestacoes.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Danny!! O livro realmente é ótimo!! Bjoooosssss!!

      Excluir
  2. Oiiiie, miga. Linda!!!! Olhe, acho vc muito corajosa viu. Por que Ryttinha? Porque esse livro não é só para ser lido....é bem mais que isso: Precisa sim ser entendido, devorado e "bebido", rs. Gostei demais do que você escreveu aqui. Sua dissertação me fez entender melhor a essência do livro. Parabéns linda. Amo suas resenhas. Bjkas

    Ryttanunes - acheiebloguei.org

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaaaa, Ryttinha!! Rsrs... Fico feliz que tu goste. Bjos, amiga!!

      Excluir
  3. Resenha pra lá de ótima, faz-nos entender até o que tem acontecido aqui no Brasil, e é de certa forma um alerta a todos nós ...
    Lendo o dia fiquei um cadinho mais informada, o que é imprescindível.

    Vi seu vídeo da TAG, e aceitei suas últimas sugestões, e cá estou! E digo ótimas sugestões ...

    Bjks Adna,
    My

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk... Que ótimoooo, Minda!! Fico muito feliz que cê venha ficar com a gente agora. Obrigada pela companhia, de verdade! Bjoss!!!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...