QFB: Desodorante Clareador - Dove X Nívia X Garnier!

Outro dia eu falei aqui da minha relação de amor com o antitranspirante Dove Dermo Aclarant

Pois então. Hoje vim falar um pouco da minha percepção de outros dois desodorantes da mesma categoria, a dos clareadores.

Começando pelo Nívea Clear Skin, devo dizer que resolvi pela compra do tal numa bela noite de luar, quando eu estava precisando deveras de um desodorante e não tinha Dove no supermercado. Das duas uma: ou eu comprava qualquer outro, ou eu correria todos os riscos inerentes a uma axila sem antitranspirante dia seguinte... Er... Imaginem isso.

Bem, para conforto meu, pelo menos o Nívea da prateleira era clareador, né? E, melhor ainda: era mais barato. Paguei por ele cerca de R$ 9,00 – “o que será ótima, dado meu atual Modo Econômico” – pensei eu.

Ok. Fui pra casa. Dia seguinte. Usei. Cheiro ótimo. Menos enjoativo que o Dove. Amei. “Acho que agora só compro Nívea” – pensei novamente. Preço ok. Cheiro ok. Controle de transpiração ok. Agora vamos ver se ele controla a cor da axila mesmo... Vamos ver... Vamos ver... Hã? Acabou? Como assim já acabou? Pois é... Uma semana depois, negocinho tinha acabado. Eu devia ter desconfiado desse preço! Conclusão: apesar de não ter escurecido minha pele nos primeiros dias, como já aconteceu com outros desodorantes, o produto não é nada econômico. Voltei pro Dove.

Alguns meses depois, estava eu passando pela mesma situação vexatória de quando comprei o Nívea. E adivinha? Dessa vez o mercado só dispunha de Garnier Clarify... e de alguns outros que me interessaram menos ainda. 

Meu problema com a Garnier não era outro senão a transpiração. Eu sempre achei que minha axila transpirava demais com esse desodorante. Mas como o que eu usava anteriormente era Rollon, decidi dar uma chance pro Aerosol. O preço não era lá muito barato: Cerca de R$ 13,00. 19 ml a menos que o Dove, pelo mesmo preço. A composição, de cara, não me agradou. Produtos feitos com limão geralmente me deixam desconfiada. Eu só acho que minha pele vai escurecer. “Oh! Mas o negócio num é pra clarear, Adna Maria? E num é só essa marca, dessa categoria, que tem disponível nesta prateleira?” - Minha bela mente retrucava novamente. 

Pois então. Resolvi aceitar a impaciente sugestão do meu consciente. Comprei. Não vou mentir dizendo que o cheiro era bom. Não vou mentir dizendo que o cheiro era ruim. Pra falar a verdade, eu nem lembro do cheiro. Ele também não escureceu a pele, apesar de eu não ter demorado muito com o produto pra saber como seria a longo prazo. Eu só sei que o negócio transpirou. E eu me agoniei. Voltei pro Dove. Nunca mais compro Garnier. E tenho dito!

Moral da história: o Dove Dermo Aclarant continua sendo meu antitranspirante favorito. Ele não deixa a pele escurecida, o que pra mim já é algo que conta bastantes pontos. Ele é mais econômico... Passo semanas com um frasco. E ele de fato segura a transpiração do negócio, o que me deixa bastante confortável... e segura... Né? rsrsrs

Abraços e Beijos!

Adna Maria.
Obs: Eu não posso dizer se os antitranspirantes àcima de fato clareiam... Minhas axilas não são o que poderíamos considerar exatamente como escuras. Mas o que posso dizer é que eles realmente recuperam o tom natural da pele (pelo menos recuperaram o tom da minha pele). Ao contrário de outros que já usei e que melanizaram um pouco o negócio por aqui.
Bjos procês!

Inspiração do Dia: Priscila Simões!

Demorou mas chegou! Estou postando às 17:30 horas porque até agora não tinha achado algo que me inspirasse de verdade today.

Mas aí chegou Priscila e mudou tudo! kkkkk... Então a Inspiração de hoje é com ela: Prisciiiila Simões!!!

Priscila é uma daquelas fofas do YouTube, tão carismática que a gente sente como se ela fosse nossa amiga do dia-a-dia meeeesmooooo!! E olha que hoje em dia poucas meninas tem essa característica, viu!

Hoje ela tá dando dicas de como postar diariamente no blog e assuntinho é bastante interessante porque quem tem um blog sabe quanto é difícil ter assunto pra falar todo dia. Seja por preguiça, por falta de assunto,  por preguiça, por falta de tempo, por preguiça ou  por qualquer outro motivo... kkk... Sentiu o drama né? Não sei quanto a vocês, mas geralmente falta de ideia me dá preguiça até de procurar qualquer coisa pra falar! rsrsrs... #triste!

Mas voltando às dicas de Pri... São elas:

1 Anote todos os tipos de ideia em um caderninho; 

Eu, Adna, anoto o que posso aqui no blog mesmo... Como sempre tô com celular na mão, acabo fazendo um esboço de post. Quando celular tá sem net, escrevo qualquer coisa relacionada ao assunto na minha agenda... Faço isso principalmente quando vou resenhar algum livro... Vou lendo, vou concordando ou discordando e vou anotando... Realmente facilita bastante viu?

2. Crie um cronograma pras postagens; 

Eu, Adna, já faço isso e posso dizer que de fato ajuda muito! Negocinho de falar sobre um assunto em cada dia realmente organiza mais a parada.

3. Tire um dia de descanso pra se programar com a sua agenda da semana;

Eu, Adna, essa que vos fala, geralmente não posto no Sábado nem no Domingo. Como o Sábado pra mim é corridaço, às vezes organizo minha agenda da semana no Domingo... Quando dá tempo... Mas vou dizer que esse negócio de se programar no Domingo ajuda meesmooo... Inclusive, quando vocês verem post todos os dias por aqui, é porque com certeza eu programei tudo no Domingo! Hahahah...



Enfim, como Priscila faz pra se organizar está nesse vídeo aí de cima. 
E se você não tem um blog, de qualquer forma vale super dar uma passada no canal dela, porque além de tudo, ela faz maquiagens ótimas e é um exemplo de menina... Do tipo que tem blog e canal, tem casa pra cuidar, estuda e ainda trabalha fora... Ééé, D. Irene... É PRA SE TORAR! rrsrs

Abraços e Beijos!

Adna Maria.

Feliz Aniversário, meu Amor!

Hoje o tema deste blog não vai ser look.
Hoje eu vou falar de Inspiração.
Mas não, também não vai ser Inspiração do Dia.
Porque na realidade essa é a Inspiração da Minha Vida.

Hoje eu vou falar de alguém muito especial que inspira todos os meus dias.
Porque hoje é o dia que o Amor da Minha Vida sopra sua trigésima quinta velinha.

E eu só quero dizer pra ele que acordar todo dia e saber que o tenho ao meu lado é o que me inspira a levantar, a andar, a executar a mais simples tarefa, a viver, a sonhar, a planejar...

Eu quero dizer pra ele que quando sei que vamos nos ver mais tarde, atravesso o dia mais feliz... E é assim há seis anos.

Sim, Amor... Você me faz muito bem...

E eu não canso de agradecer a Deus por nos ter preparado, um para o outro...
E eu não canso de orar por você.
E eu não canso de pedir que Deus te dê saúde, paz e paciência (principalmente comigo... rsrs)...
E eu não canso de pedir que Deus te dê sabedoria, força, graça e paciência (principalmente comigo)...
E eu não canso de te desejar mais esperança, mais prosperidade, mais perseverança e mais paciência (principalmente comigo)...
Te desejo o que de melhor a vida puder te dar e muita, mas muuuuita paciência... Principalmente comigo! Kkkkk

Meu coração é seu, meus sentimentos são seus, meus pensamentos são todos seus... E isso é o que eu mesma tenho de melhor pra te dar.

Te desejo uma vida longa... E desejo que cada minuto dessa longa vida seja vivido ao meu lado...


Obrigada pelo seu amor.
Obrigada por se doar tanto ao nosso relacionamento.
Obrigada pelo companheirismo, pelo cuidado e pela presença mesmo quando da ausência.
Obrigada por compartilhar sua vida comigo e por permitir que eu compartilhe a minha com você.
Obrigada por você, amor.

Feliz Aniversário, amor!

Adna Maria.

SFQC: Como Organizar Lingeries!

Sábado eu tava lá pras bandas do Atacado dos Presentes e decidi comprar finalmente minhas caixinhas organizadoras pra lingerie. É que eu tinha um outro suporte, mas negocinho foi danificado pela  ação do tempo... rsrsrs... Já tinha mais de uma década, a pobre criatura.

Então, depois de horas de indecisão, considerando a quantidade de caixas na prateleira, decidi por essas duas, apesar de ter avistado outras com divisórias bonitinhas por lá. Minha escolha se deu por três motivos: o preço, R$ 11,50 cada caixa, e a altura, porque justamente caberia mais peças do que as mais estreitinhas com divisórias bonitinhas.

Comprei duas, uma pra guardar calcinhas e outra pra guardar os sutiãs com bojo. E olha aí as figurinhas:


Aí ficaria meio sem graça eu mostrar caixas organizadoras e não dizer como organizo as ditas pecinhas né? Por isso resolvi passar por cima da vergonha e trazer um passo-a-passo com umas peças que peguei emprestadas de Filó&Fulano.

Agora chega de blá-blá-blá e bora tentar explicar o negocinho aqui. 

Assim ó: há alguns meses eu participei de um workshop de organização das coisas de casa e aprendi como guardar roupas íntimas. Por causa desse lance de otimizar espaço e tempo na hora da procura. Então a técnica que eu me ensinaram, e que uso hoje em dia, é a do envelopamento
A gente faz da peça uma espécie de envelope com os seguintes passos:

1. Estica a calcinha em cima da cama, ou de qualquer espaço plano que tivermos, e a viramos para trás;
2. Pega a ponta de um lado e dobra pra dentro;
3. Pega a outra ponta e dobra por cima da primeira, formando uma linha;
4. Veja na figura quatro, que a peça está mais ou menos no formato de um retângulo ;
5. Traz a ponta/fundo da calcinha para cima, dobrando-a para trás;
6. Coloca a ponta dentro de um dos elásticos da calcinha em formato de envelope. Pronto. Está dobrada a calcinha.


O mesmo se faz com as cuecas ou sungas do marido, do namorado, do namorido, do noivo, do pai, do irmão, do filho ou de qualquer outro convivente que aparentemente não tenha habilidades motoras pra arrumar suas próprias peças... Homem geralmente tem esse tipo de problema... Aqui pra nós... rsrs

Enfim, acredite que isso otimiza um espaço danado, inclusive na hora que a gente precisa fazer as malas, e o envelope realmente se segura nesse formato.

No caso das calcinhas, eu procurei arrumar assim: uma fileira com as individuais e uma fileira com as que formam conjunto com sutiã. Sabe comé né? Pro negócio ficar mais organizado...

No caso de sutiãs com bojo, o mais adequado é que os guardemos esticados, um por cima do outro, pra não deformar a esponjinha. Afinal de contas, não vale a gente usar um deformador de seios, quando na real queremos usar um modelador, né não? Espia aí como ficou o negócio.

Então é isso...

Abraços e Beijos!

Adna Maria.

SFC: O Amor Chegou Tarde em Minha Vida - Resenha!

Outro dia eu vi uma entrevista de Ana Paula Padrão no The Noite onde, inclusive, ela mostrava seu livro. Eu posso dizer que tenho a síndrome do consumo literário, porque não deu outra... Assim que larguei do trabalho dia seguinte, fui na Livraria Cultura ver se tinha o tal livro. Pois tinha. Li as primeiras páginas. Leitura fácil. Ela falava mais ou menos de como foi sua decisão de sair da Globo. Me interessei. Namorado chegou. Deu outra? Não deu. Comprou o livro pra mim. E hoje eu estou aqui pra falar exatamente o que achei da obra.

Em primeiro lugar, este livro não pretende mesmo ser uma biografia. Eu o definiria como uma conversa, sabe? Uma conversa fácil de 206 páginas.

Muitas vezes, a autora está falando de um assunto e discorre para outro, como quem se lembrou de algum detalhe que precisaria ser exposto porque faria toda a diferença no monólogo... Pra uns isso é chamado de dispersão... Eu, dispersa que sou, chamo de fluidez, pra tentar atenuar o negócio. rsrs...

É com essa "fluidez" que Ana fala de sua infância, de sua ida pra Globo, de sua saída da Globo, do convite de Silvio Santos, da estada no SBT, do convite da Record, do conhecido erro na Record, de seu trabalho como empreendedora, de suas viagens, de seu marido, de como ela era há uns anos atrás e de como ela é hoje.

Eu vou confessar que esperava um pouco mais do livro de Ana Paula. Não sei... Talvez eu tivesse esperando um pouco mais de intensidade, de complexidade, de... sei lá o quê! Enfim...

De qualquer forma, conheci uma repórter humana... E eu acho que era exatamente essa a intenção dela ao escrever a obra. Sim, devia ser essa a intenção... Porque apesar de ter leitura fácil e bem humorada, vou confessar número 2 que fiquei sem saber exatamente qual era a proposta do livro... :(

E aproveitando que hoje estou na base das confissões, vou confessar número 3 que se a pretensão era falar do universo feminino e sua posição na sociedade, acredito que ela tenha falhado.

Calma que eu explico:  não é que ela tenha falhado pelo assunto em si e sim por se colocar como espelho quando aparentemente se espelhou em outra pessoa, quando o assunto se relacionou a mulheres, trabalho, a culpa feminina e a "síndrome da impostora". E quem leu o livro Faça Acontecer, de Sheryl Sandberg, pode ter a mesma sensação que tive ao ler Ana Paula Padrão.

Eu não tenho nada contra concordar com colocações alheias em nossa obra, contanto que elas sejam devidamente identificadas. Quem nunca leu o livro de Sandberg, por exemplo, vai se identificar super com Ana e achá-la "A Cara". Porque, afinal de contas, Ana estava falando da síndrome da impostora no livro dela, como sentimento dela, como se fosse classificação dela...

Fiquei chateada.

Tirando isso, houveram, sim, alguns pontos altos no livro: a história das poliândricas e a história do budismo tântrico, por exemplo. A própria Ana Paula perdida no meio da guerra, como outro exemplo. O texto que ela fez sobre sua imperfeição quando do erro na Record, como outro exemplo. A narrativa bem humorada, como mais um exemplo. A breve passagem da brasileira que foi morar Alaska pra casar com um esquimó, como mais outro exemplo. A própria história de amor de Ana com seu esposo, como o último exemplo.

Resumindo... Pode existir gente que ame o livro. Quanto a mim, ainda não sei. Quer dizer, sei que não amei. Sei que algumas vezes fiquei me perguntando se ele realmente valia a compra e sei que talvez, se eu tivesse passado uns 20 minutos a mais de leitura na livraria, não o tivesse trazido pra casa...

É... Talvez eu esteja vivendo minha primeira crise literária... Digamos que simpatizei com o bom humor da autora. Acho que ela foi super corajosa em escrever uma obra totalmente diferente da ideia que o povo faz do que seria um livro de Ana Paula Padrão. Acho que ela contou histórias bacanas. Acho que ela falhou em falar da relação mulher-trabalho sem citar um livro que ela deve ter lido e deve ter usado como fonte. Acho que eu tô muito chata hoje. E só.

Abraços e Beijos!

Adna Maria. 

Inspiração do Dia: Beca Brait!

Pessoas lindas do meu lindo coração... Infelizmente venho comunicar oficialmente que tão cedo Evandro não dará as caras por aqui...

Pois é, acho que ele vai voltar ao posto de fotógrafo dos bastidores...

"Mas quando eu for eleito, eu prometo..."
Prometo nada!

Por enquanto, vou ficar usando esse espaço pra mim, que num sou boba nem nada... kkkk...

E depois de décadas imaginando, finalmente resolvi trazer a série "Inspiração do Dia" para este blog.

Na Inspiração do Dia, eu vou buscar motivações lá fora, em blogs, em canais do YouTube, em revistas, em cima da minha mesa de trabalho... Ou na mesa de trabalho dos colegas de empresa, por que não? kkk... Qualquer coisa que me inspire, que acrescente algo ao meu dia, ou à minha pessoa, estarei trazendo por aqui.

É nesse sentido que hoje trago um vídeo de Beca, do canal Becabrait. Neste vídeo, o mais recente do canal, ela dá 15 dicas pra quem quer ter um blog de sucesso.
Beca é uma das muitas meninas do YouTube que deixou o trabalho tradicional pra se dedicar apenas ao seu blog. E até agora tá dando certo... E tomara que continue dando certo por muito tempo ainda, porque ela é uma fofura de pessoa.

Mas deixando de lero-lero, as dicas de Beca são as seguintes:

1. Tenha certeza que você tem aptidão pra isso;
2. Escolha algo que você realmente gosta de falar;
3. Faça por amor;
4. Seja você  mesma, ou crie um personagem extremamente inovador;
5. Tenha um blog com visual bacana;
6. Procure caprichar na qualidade de imagem e som;
7. Estude sempre e cuide de seu português;
8. Esteja presente nas redes sociais e interaja com seu público;
9. Atualize com frequência e varie os assuntos dentro do segmento;
10. Procure fazer amizades com outras blogueiras e outros contatos;
11. Não seja um sem-noção;
12. Trace metas atingíveis e se organize;
13. Estude os seus concorrentes;
14. Divulgue pro mundo;
15. Defina um público alvo;

Enfim, vale a pena dar uma olhada no vídeo, porque tá tudo explicadinho nos míííínimos detalhes. Eis: 


E eu acrescentaria ainda o seguinte:

16. Seja feliz... Simplesmente. Faça o que você tem vontade de fazer sem estar se preocupando com o que outras pessoas vão pensar... A opinião dos outros muitas vezes nos inibe. Mas atenção: tudo precisa ser feito com ordem e decência, já diria alguém que eu nem sei de quem se trata.
17. Se ajude... Antes de um blog ajudar outras pessoas, acredito que a função principal dele é nos ajudar. Pelo menos é isso que tem acontecido comigo.

É isso, então. Não vou dizer que sigo todas as dicas, até porque cada um tem sua particularidade, né mermo?

Eu, por exemplo, sou super desorganizada pra estar anotando tudinho direitinho num caderninho fofinho;
Minha timidez, sempre presente, não me deixa divulgar o LD pro mundo; e
Traçar metas ainda me encabula... :( De qualquer forma, sigo tentando... : )

Mas isso é certo: tento meeesmooo não ser uma sem-noção... kkkk...
Eu leio... bastante... eu acho... rsrsrs...
E procuro estudar quanto posso.

Abraços e Beijos!

Adna Maria.

TFLM: Look Básico!

Hoje eu resolvi trazer mais um look usado lááá praqueles lados de Fortaleza. 
Foi uma coisa pra lááá de básica, que usei pra ir bater perna nos atacados de roupas da vida. 
Como em Fortaleza parece que o Sol tá mais perto da Terra (claro, ela está mais perto da linha do Equador, diria qualquer de meus professores lá do Bacharelado), então as coisas num são muito pra brincadeira não... Lá o Astro Rei queima de verdade. Ele tira onda mesmo, num tô te dizendo?! Em relação à temperatura, a cidade dá de alguns a zero em Recife.

Mas então, com Linha do Equador ou sem Linha do Equador, lá estava eu Firme, Forte e... Fresca. Espia!


Essa mochilinha e essa sandália fofa eu comprei por lá e lá mesmo usei. Os shorts são Filó&Fulano e a T-Shirt comprei na Riachuello por R$ 15,00. Os óculos são Chilli Beans e o resto sou eu, que vim diretamente da barriga da minha mãe para florir o mundo... kkkkk

Abraços e Beijos!

Adna Maria.

SFC: Então Eu Li Romeu e Julieta...

... E antes de começar a fazer teatro, juro que jamais tinha me interessado pela leitura de qualquer peça teatral... Até agora continuo sem saber se gosto muito desse tipo de leitura, que me desculpem os mais apaixonados... e os mais românticos... e os mais dramáticos... e os mais sonhadores... e os mais...

Fazer o quê né? Gosto é igual a impressão digital... Cada um com o seu.

Ah! Me desculpe Shakespeare também, mas não fiquei lá muito apaixonada pela sua obra...
Sinceramente, não entendi o motivo pelo qual Romeu e Julieta é uma obra tão... tão... (e aí me faltou a palavra para descrevê-la). 

Eu  baixei a versão em PDF da internet porque precisava indicar uma peça lá no Grupo de Iniciação. E como ela era tão famosa, decidi ler pra saber exatamente do que se tratava. Qual não foi minha surpresa, à medida que ia lendo, ficava menos convencida de que deveria indicá-la... :(... E, olha, juro que tentei a todo custo gostar dessa danada!

Aí fiquei pensando cá com os meus botões... Bem, talvez a obra tenha ficado tão famosa pela grande esperança dos expectadores de que aquele desenlace tivesse de fato acontecido, como se especula, né? Vai saber...

Pois se uma jovem inocente, prometida a outro jovem senhor, se apaixona à primeira vista por um jovem galã, integrante de uma família inimiga.
Se o jovem galã e inimigo, dantes perdido de amores por outra donzela, se apaixona perdidamente, e à primeira vista, pela linda jovem integrante de sua família inimiga.
Se os dois, nos arroubos de uma paixão avassaladora, decidem se casar imediatamente.
E se no desenrolar dos fatos, Romeu mata o primo de Julieta, é expulso da cidade e, num desencontro digno de novela mexicana, os dois acabam morrendo...

É... Talvez todo esse drama, aliado ao mistério da veracidade do acontecimento, é que tenha despertado o fascínio do público...

Quanto a mim... Achei sem graça. E nem é porque eu deteste os clássicos não... 
Amei, por exemplo, a Trilogia Tebana, de Sófocles. Achei o cara o cúmulo da inteligência, cuja obra é super atual, apesar de ter sido escrita há alguns séculos Antes de Cristo. Não é à toa que ele ganhou todos os globos de ouro do seu tempo né? Aiai...

O meu problema foi com Shakespeare mesmo. Mais precisamente, com "Romeu e Julieta"... E com "Sonho de Uma Noite de Verão" também... Quer saber? Talvez o meu problema hoje seja mesmo é comigo! kkkk

Bom Final de Semana pra Todo Mundo!

Abraços e Beijos!

Adna Maria.



TFLM: Visitando o AP Decorado!

Evandro e eu aproveitamos o Dia do Trabalhador pra ir visitar o fruto de nosso suor: um pequeno apartamento num complexo residencial que ainda está sendo construído por aqui. Visitamos a obra que, com prazer, vimos estar a todo vapor e, já que estávamos lá mesmo, Evandro decidiu tirar foto do AP decorado pra nos servir de inspiração quando formos enfeitar o nosso.

Mas aí, click vai, click vem... Advinha só quem se intrometeu no meio das coisas pra tirar foto de mais um look Filó&Fulano?? Isso mesmo, caro leitor, euuuzinha aqui - essa que vos fala, para que não haja dúvidas! rsrsrs...

Então as fotos de look de hoje são assim... Eu me metendo nas coisas de Evandro. Sabe como? Não? Então espia!


Não, na penúltima foto eu não tava simulando a crucificação... Talvez eu devesse estar agradecendo a Deus, mas... Não, eu não estava... É que os braços já tavam pesando por esperar Evandro regular a máquina mesmo! rs

Então foi assim...

Abraços e Beijos!

Adna Maria.
Créditos: Shorts e Blusa Filó&Fulano / Sapatilha Renner / Bolsa Feirinha da Madrugada-SP

SFQC: Feliz Dia das Mães!


Na qualidade de não-mãe (a não ser de uma gatinha que até me causa certo sentimento de proteção) às vezes me pego pensando... Por que será que nossos pais nos amam tanto a ponto de abdicar de tantas coisas em favor de nós, seus filhos?
Tudo bem que sejamos produtos deles, nascidos de suas entranhas, com o seu DNA... Mas que amor tão profundo é esse que os faz pensar em nós em primeiro, segundo, terceiro e último lugar?

Outro dia eu tava falando sobre essa minha inquietação com algumas colegas de trabalho quando uma delas, sendo mãe, de imediato respondeu: "Acho que é instinto"... "Of course! É isso!" - Concordei de imediato porque imagino que, como animais, temos nossos instintos de proteção... E isso explica o inexplicável: O amor incondicional. Aquele que faz uma mãe baixar a cabeça quando nós, os filhos, nos incomodamos com tanta proteção e cuidado... Aquele que faz ela falar do filho com um orgulho que não cabe no peito... Aquele que faz ela procurar desculpas para desculpar o indesculpável... Aquele que faz ela achar forças para lutar com garras e dentes, como uma boa leoa, pela sua cria.

Ao longo da minha vida eu tive algumas mães... 
Minha avó, de quem hoje eu sinto muito falta ainda. A responsável por todos os meus mimos de criança.
Minha prima, a vítima de minhas escapadelas e travessuras quando tinha lá meus 3 anos de idade... Far far away...
Minha irmã, aquela que me ajudava a fazer todos os deveres de casa na infância e em quem eu me espelhava pra tudo...
Minha mãe, a biológica, que monitorava tudo de perto e ainda hoje me trata como se eu tivesse cerca de 10 anos de idade... 21 a menos do que tenho agora, diga-se de passagem.

Hoje eu sou fruto dessas mulheres, as mulheres da minha vida, e agradeço a Deus todos os dias por ter tido a oportunidade de tê-las comigo. Algumas no passado, essas duas no presente e, espero, por um futuro longo ainda.

Sinceramente? Nem sei o que seria de minha vida sem elas...


Felizes sejam todos os dias, porque, pra mim, todos os dias são delas.

Abraços e Beijos!

Adna Maria.

TFLM: Look Estampa de Frutas!

Alô, galera, bate a mão e bate o pé... Não, não, melhor evitar a fadiga.

Nevermind! Óiaaaa, aprendi uma palavrinha nova in english... Agora só quero tá de "nevermind" pra lá e pra cá.

Bem, bora deixar de tanto besteirol que hoje eu tô passando rapidex só pra mostrar um look que usei pra ir à praia láááá de Fortaleza. E como a fruta tá fazendo tanto sucesso que fluiu das mulheres para as roupas... aqui estou trazendo uma estampinha recheada de... de... de... Ih! Como é mermo o nome dessa fruta, hein? 

Então, já que ninguém é de ferro e já que não quero ser chamada de mulher-banana-nanica por aí (sim, porque só o meu tamanho me faria chamar atenção suficiente pra ser chamada de mulher fruta né? rsrsrs... #triste!), melhor me render só à parte estampada do movimento...

Eu vou te contar que logo que vi essa onda de estampa de fruta por aí, num me agradei muito do negócio não... "Nhããããã" - pensei eu. Mas aconteceu que lá em Fortaleza eu olhei pra esse macaquinho assiiiim, depois olhei assaaaado e num deu outra... #apaixonei. É por isso que digo que é sempre bom a darmos uma chance pras coisas, né mermo? Dá uma olhada aí tu... 




É claaarooo que isso não quer dizer que eu vou ficar saindo por aí com tudo quanto é de fruta na roupa né? Até porque sou incomodamente pequenina e num dá pra vestir algo que apareça mais do que eu, se é que você me entende... Então a dica de hoje é essa: quer usar? Use o bom senso. E só.

É isso, galerinha linda do meu coração...
O look é esse e a gente se vê por aí, Deus sabe quando...

Abraços e Beijos!

Adna Maria.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...