SFQC: Mulher, Roupa e Violência!

Imagem retirada da Internet
Hoje o papo vai ser diferente. 

Hoje vamos falar um pouco sobre uma pesquisa que andou rolando sobre mulheres, roupas e violência.

Porque Hoje, a pessoa que vos fala está particularmente arretada com o pensamento machista disseminado na mente pequena da sociedade. #prontofalei!

"Segundo pesquisas, 65% dos brasileiros acham que mulher de roupa curta merece ser atacada". foi a notícia dos últimos dias em jornais, televisão, internet...

E eu acho incrível como em pleno ano de 2014 ainda possa existir tanta diferença no tratamento homem X mulher... Sim, alguém dê um motivo pelo qual um homem sem camisa não merece ser atacado no meio da rua e uma mulher que está completamente vestida (ainda que de roupa curta e apertada) o merece... Alguém me diga que tipo de pensamento irracional e psicopata é esse...

um dos argumentos é... "todo esse reboliço em cima dessa pesquisa não passa de feminismo de vocês, mulheres!"... 
Nããoooo, isso não é feminismo! 
Eu, como representante feminina, quero apenas que me digam se uma roupa provocante dá direitos a uma pessoa de invadir o espaço da outra!
Quero apenas que me digam que Brasil é esse em que a violência é justificada pela roupa que a pessoa está vestida!
Quero apenas que me digam que sociedade é essa... tão machista, tão retrógrada, tão hipócrita!

Siiimm... Porque em pleno ano de 2014 ainda somos machistas no trabalho, onde homens recebem salários mais altos do que as mulheres, ainda que exerçam a mesma função. 
Em pleno ano de 2014 ainda somos machistas na Igreja, onde as mulheres não podem exercer certos cargos eclesiásticos!
Em pleno ano de 2014 ainda somos machistas no próprio modo de falar... porque homem pode falar palavrão... Mulher não!
Isso sem falar nos inúmeros outros exemplos que temos por aí de "ahhh, ele é homem, ele pode!"

Ahhhh, pelo amor de Deus!!

O outro argumento é: "Essa pesquisa não é válida... Eles não entrevistaram 100% da população, nem 50%, nem 1%..."
Certo! Mas vai você na rua perguntar pra ver qual a resposta do povo pra essa mesma questão! Oraaaa!! Pra cima de mim??

E que fique bem claro que eu não estou defendendo as mulheres porque gosto de usar roupa curta e justa.
Nem porque eu falo palavrão.
Nem porque eu sou mulher!

Eu estou defendendo seres humanos pensantes que, pelo menos constitucionalmente, têm os mesmos direitos, independente de raça, credo, sexo, opção sexual ou religião!

E tenho dito!

Abraços e Beijos!

Adna Maria.



4 comentários

  1. eu estou acompanhando essa campanha e apoio com certeza
    é um absurdo uma coisa dessa

    Lindo Dia
    beijokas da Nanda

    Sendo a mãe da Isa e da Gabi
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né, Nanda Gonçalves?! Bora aceitar esse tipo de coisa não!
      Brigada pela visitinha!
      Bjos!!

      Excluir
  2. adna, tirou as palavras da minha boca!!!
    tudo isso se resume a uma coisa: falta de respeito pelo próximo, sabe aquele papo de "não faça com o outro o que não quer que façam com você"... pois bem, isso não existe mais e o EGO é o que importa... li essa materia, se eu nao me engano, no site da super interessante e achei o cumulo!!!
    bjs
    quatroestacoes.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Justamente, Danny! É uma pura de uma falta de respeito! E eu continuo arretada até hoje!
      Bjos pra tuu!!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...