SFC: Acessórios - Por que, Quando e Como Usá-los: Livro!

Sabe aquela pessoa que não sabe usar acessórios? É. Pois então... Esse cara sou eu.

E é justamente por medo de errar que não tenho muitos deles. Por isso comprei o livro de Titta Aguiar (consultora de imagem)... para aprender a usar esses enfeitinhos, tão essenciais no look de uma pessoa. hahaha... 

Aí, outro dia eu tava falando sobre essa minha deficiência, e a consequente compra desse livro, com uma amiga, e ela admitiu também não saber combiná-los. 

Foi a partir daí que, ao notar que o book tinha diquinhas boas pra todo mundo, resolvi trazê-lo aqui pro LD, nesta Sexta-Feira Cultural. E escolhi justamente este dia porque, como eu disse lá no Facebook, moda é arte e arte também é cultura...

E se tu não curte o LD no Face, amiga, vou te dizer... tu tá perdendo tempo... rsrsrs... Por isso vou fazer uma pausa pra você clicar no botãozinho aí do lado...

Clicou? Muito obrigada, então.

Agora, você que, assim como nós, também não domina dessa arte da assessoria dos acessórios, se liga nas dicas:

Acessórios...
... Por que usar? Porque eles são capazes de transformar completamente uma imagem. Porque eles diferenciam as pessoas que os usam. Porque eles permitem  várias combinações de looks com as mesmas roupas básicas, otimizando os custos (obaaaaaa! Pra quem tá querendo economizar, como eu, essa é uma ótima notícia).

... Como usar? O bom senso deve imperar. O excesso é inversamente proporcional à elegância. Então muito cuidado para não sair de casa parecendo uma árvore de natal.

Dica 1: antes de sair de casa, se olhe no espelho. Se achar que tá usando algo a mais, na dúvida, tire... Isso já aconteceu muitas vezes comigo...

Dica 2: eleja um dos acessórios do seu look como o rei. Os demais ficarão em terceiro plano. Se você colocar duas ou mais peças chamativas no mesmo look, uma brigará com a outra, estragando o visual.

... Quando usar? Sempre. Desde que com bom senso. Por exemplo: use o bom senso para saber que numa entrevista de emprego, você não fará a escolha certa se optar pelos acessórios mais chamativos. Assim como não rola usar roupa muito séria e brinco de pérola pra ir à caça de um gato, né  não? Afinal, é você que tá indo, não sua vovó. Neste contexto, vale ressaltar que: os acessórios prateados são mais discretos, os dourados são mais chamativos e o ouro velho é o meio termo... Sacou?

E a dica mais geral, que serve pra acessórios, roupas e pra vidaa é essa: Aquilo que é bom pros outros nem sempre é bom pra você também. Um colar poderoso pode ficar lindo numa pessoa alta e magra, mas se você é pequena e gordinha, ele pode te prejudicar (e o inverso é verdadeiro!). As pessoas possuem estilos, corpo e personalidades diferentes... Portanto, escolha pra você o que cai bem em você e não o que cai bem em outra pessoa.

Essa foi a mensagem que tirei do livro. É claro que ele, nas suas 193 páginas, inclusive ilustradas, nos dá mais detalhes dos negocinhos. Mas é claro que não dá pra botar tudo aqui, né mermo?

Enfim, o book é esclarecedor à medida que dá várias dicas de acessórios de acordo com o perfil físico, a cor, o estilo de casa pessoa e a ocasião em que estivermos inseridos.

Agora, pra que o negócio fique melhor visualizado, seguem as imagens que tirei desse pequeno manual, mostrando como o mesmo vestidinho básico pode servir a diversas ocasiões só com a troca dos acessórios. Vê só!





Então... Né incrível como eles deixam uma peça poderosa e podem transformá-la no look ideal para qualquer evento? Pois é, também achei... rsrs

Bom Fim de Semana pra tu!

Abraços e Beijos!

Adna Maria.

QFLD: 2 Peças / 2 Looks com Ele!

E nesta Quarta-Feira de Look Dele, estamos apresentando nosso fotógrafo preferido com a mesma camisa e o mesmo sapato, em momentos diferentes, trazendo um look mais arrumadinho do tipo vou-ali-jantar e um look mais despojadinho, do tipo vou-ali-ao-shopping, respectivamente. Todas as peças (menos o sapatênis) são da coleção Filó&Fulano para... para... para homens, ora essa! rsrs 

Vê aí o nosso "2 peças/2 looks" masculino da vez:


E agora, sem mais delongas, eu estou mandando um beijo e um abraço pra todo mundo, porque hoje a preguiça tá grande, o sono tá tomando conta do pedaço e o trabalho... bem, esse é o que não falta por aqui! rsrs

Abraços e Beijos Número 2!
Abraços e Beijos Número 3!
Abraços e Beijos Número 4!

Abraços e... Cansei!

Abraços e Beijos!

Adna Maria.

TFLM: Ahhh, Aquele Animal Print...

Dá uma entradinha aqui na minha mente...
... Quando eu quero um vestido pra ir pro curso: "-Ahhh, aquele animal print".
... E quando eu quero um vestido livre, leve e solto: "- Ahhh, aquele animal print".
... Mas... E quando eu quero um vestido pra ir ali?: " - Ahhh, aquele animal print".

Saca como funciona os pequenos tico e teco dessa pequena pessoa que sou eu? rsrsrs

Desde que adquiri esse vestido, de Filó&Fulano, ele é denominado de "aquele animal print que serve pra tudo": cinema, almoço, jantar, curso, festa... E pra casamento? Vai também! kkkk... #brincadeirinha

O fato é que ele é descomplicado, sabe? E coisa descomplicada é comigo mesmo. Os benefícios começam por eu não precisar engomá-lo (êta expressão antiga da gota serena!), quando sai do armário, passa por não precisar de sapato e bolsa muito elaborados e termina no conforto que ele me confere em praticamente todas as ocasiões. Enfim, esse animalzinho serve mesmo pra selva.

Agora, dá uma olhadinha nessa famosidade do meu guarda-roupa...










... E me diga o que achou... rsrs

Abraços e Beijos!

Adna Maria

SFQQ: Ordem do dia: Economizar!

Imagem retirada de: http://obachei.com
E a ordem do dia é essa: economizar pelos próximos 12 meses... E o mais difícil disso tudo é só ter que economizar mesmo. 

Afinal de contas, eu sou mulher ora essa! E mulher é gastadeira por natureza! Além de tudo, sou uma mulher sem tempo pra procurar coisinhas baratinhas, ou mesmo pra manufaturar produtos em casa... Portanto, minha opção é, ou era, os industrializados mesmo. rsrsrs

Agora... Já que fui terminantemente proibida de comprar mais livros até terminar os 18 ainda não lidos que tenho em casa, sendo que essa é minha verdadeira paixão (depois de Evandro e da família), não me resta mais nada na existência... Esse foi o estopim do movimento revolucionário a favor da economia na minha vida... Vou ter que fazer esse negócio aí mesmo... Se não tem livros, não tem mais nada. Pronto. Tá decidido.

O motivo é que ano que vem a pessoa aqui quer tudo: casamento, lua-de-mel, casa nova e decoração de casa nova... Coisa típica de mulher... Então, nesse sentido, vou ter que colaborar, né não?

Enfim, a proposta que trago é colocar aqui procês tudo aquilo que eu conseguir pra minha vida que seja o barato do barato. Ou seja, produtos que funcionem a um custo beeemmm mínimo... Bora tentar né?

E o que tiver de fácil e rápido pra fazer em casa, que funcionar pra mim, eu vou fazer. E se eu for comer pastel a R$ 1,00 (duvido que vou encontrar pastel a esse preço por aí hoje em dia) na esquina pra substituir o Camarão ao Alho e Óleo do Guaiamum Gigante... contarei tudo beeemmm aqui neste blog. Me aguardem e me vejam... Hahaha...

... E torçam por mim!

Boa Semana pra Todo Mundo!

Abraços e Beijos!

Adna Maria.

SFC: The Little Prince - Motivação de Compra!

Ei! Você aí! Tu já curte a página do LD no face? Não?! Oxe! Pois já tá bom de curtir, né não? rsrs... Vai continuar perdendo as novids é?

Outro dia mesmo, postei uma foto do meu primeiro livro em inglês por lá. E agora é que vou contar a motivação dessa minha compra da versão em língua inglesa de "O Pequeno Príncipe" por aqui. Tô te dizendo... Curte aí, Pessoa! rs

Negócio é o seguinte: descobri que não gosto de estudar! rsrs... Que coisa, não? rsrs

O fato é que adoro ler, mas não me venha com regras exatas do que ler, em que momento ler e pra quê ler, que já me bate aquela preguiça... Acho que, no fundo, eu não gosto que me digam o que fazer... kkkk

É o que acontece com o inglês que tô cursando no momento. O conselho do professor na última prova de speaking foi: "Você precisa praticar em casa, ouvir músicas internacionais, assistir filmes legendados, achar uma tradução em inglês para o que você faz no seu dia à dia, blá, blá, blá, blá..." (isso tudo em inglês viu, minha gente)... Sorry, Teacher, I tired only listening!

Aí lascou! E pra quem não gosta de música inter? E pra quem não tem tempo de parar pra assistir o filme com legendas? E pra quem tem preguiça de transformar sua vida diária de português pra inglês? Essa pessoa, que no caso sou eu, ficará, porventura, às margens da sociedade? kkkkk... Nãããoooo, meus caros leitores... Me recuso terminantemente a essa marginalização social nos autos do processo das coisas que não sei nem mais o que estou falando... 

Mas vou te dizer que eu tentei. Juro! Comprei até um livro de gramática inglesa e cheguei a folheá-lo, pasmem vocês. Mas estudar que é bom... nothing! Foi aí que descobri uma forma de solucionar essa minha deficiência da falta de estudo no intervalo intra-semestres... E eis fórmula secreta para o suprimento de tal lacuna: Ler... In English.

Viciada em YouTube que só eu, estava a navegar por esses canais independentes, quando descobri os vídeos de uma professora de línguas, viciada em livros. E um desses videos dava dicas exatamente de como começar a ler em inglês... Hahaha... Pensei cá comigo: "Taí uma boa forma de praticar!"

Como uma das dicas da professora era começar com leituras gringas infantis, fui eu atrás de livros pra criança... E não encontrei.
Aí estava dando uma volta na estante dos clássicos da Livraria Cultura e achei esse "The Little Prince". Como eu já tinha lido a versão dele em português, como ele é bem curtinho, como é ilustrado e tals, achei que seria uma maneira não tão difícil de começar aí nessas paradas.

Até agora tá sendo normal. Deixei o livretinho na minha cabeceira e todas as noites, antes de dormir, tento ler ao menos uma página dele (essa é a tolerância diária do meu cérebro para a leitura em outra língua... rsrs).

E, pra terminar logo esse post, a minha moral da história é:  arranje o seu próprio jeito de fazer as coisas, mas não deixe de fazê-las. Existe sempre uma forma divertida de fazer o que é chato, eu acho... kkkkk...

Depois venho aqui resenhar o book e dizer quais foram minhas primeiras impressões na leitura do meu primeiro livro em inglês. Tá bom pra tu? rsrs

Abraços, Beijos, Ótimo Final de Semana!

Adna Maria.


DFB: Potencializador Capilar Bom e Barato!

Mas o que é um potencializador? Um potencializador é o que potencializa, ora essa! rsrsrs... Eu não sei de outra definição pra isso, mas posso dizer que serve para aumentar os efeitos do produto em que ele for aplicado... É mais ou menos por aí, sacou?

Sobre os meus potencializadores de hidratação capilar, eu já andei falando deles no LD, em posts diferentes, mas hoje resolvi reunir os três numa resenha só, já que eles tem um ótimo custo/benefício, figuram no meu armário há muito tempo e vão demorar um pouco pra sair da minha listinha de bons e baratos... eu acho... rsrsrs... Bora ver?

Bepantol: Uso sempre misturado à máscara de hidratação. Eu não preciso falar dos efeitos do Bepantol por aqui né? Todo mundo já deve conhecer esse produtinho milagroso... Inclusive, neste post aqui (clica no link), andei comentando todas as minhas impressões do produto. Hoje vou resumir dizendo que gostei tanto, mas tanto, que de jeito nenhum fico mais sem ele na minha vida! E ele só custa R$ 14,00! Hahaha

Óleo de Argan Alta Moda: Faz mais de um ano que tenho esse frasquinho aí da foto (na época comprado por uns R$ 35,00. Valor salgadinho, mas dura muitoooo... No final, acaba sendo barato). Geralmente, eu pingava duas ou três gotas dele no creme de nutrição, pro meu cabelo não ficar muito oleoso. 
Um dia, perguntando à minha cabeleireira como poderia fazer pra esse óleo acabar logo... rsrs (antes de vencer né?), ela me aconselhou a usá-lo antes de lavar os cabelos. Então agora eu tô detonando de verdade: boto puro sobre os cabelos sujos mesmo, como se tivesse aplicando um creme normal, deixo agir na touca metálica por alguns minutos, depois lavo o cabelo com shampoo umas 5 vezes, passo hidratação, condicionador e... tenho cabelos super macios, e nada oleosos, como resultado.

Queratina em Gel Pós Química Capicilin: Aiai... Eu suspiro por essa queratina... Primeiro, porque funciona de fato. Deixa meus cabelos brilhantes e nutridos que é uma beleza! Segundo, porque é um negócio muito baratinho (R$ 13,00), o que só acrescenta na fórmula do produto... kkkk... Tenho sempre um frasco em casa e uso toda vez que quero fazer reconstrução. Processo é esse: Shampoo-queratina-creme de reconstrução-condicionador-cabelos super brilhantes e nutridos.

Toalha Quente: Outro dia (anos atrás... hehe), eu ouvi Rodrigo Cintra falando em algum lugar que uma toalha quente era ótimo potencializador de hidratação capilar. E é mesmo! Já usei diversas vezes, como touca térmica. O único problema da toalha quente é que ela é... quente! kkkkk... A gente quase não consegue espremer o negócio, rapá! rsrsrsrs... Vou confessar que tenho certa preguicinha de fazer todo esse processo, então deixei esse método um pouquinho de lado. :(

Mas e tu? Conte aqui qual é o seu potencializador capilar preferido vá? E se for mais barato, ótimooo... Vai me interessar muitooo! rsrsrs

Abraços e Beijos!

Adna Maria.



QFLD: Look Casório do Amigo!

Então... Se tem look meu, tem look dele também! Porque aqui negocim é democrático, meu bem! Hehehe
Este é o look que Evandro usou no casório do amigo dele... Aquele que falei ontem, rapaz. Esqueceu foi? rsrs

E desta vez as fotos ficaram melhores do que no look casório da minha amiga Feia (clica no link que cê vê)... Acho que ele tá se convencendo aos poucos de que a Quarta-Feira é dele aqui no blog, e não tem pra onde escapar... hahaha... #realmentedemocrático... E eu tô me aprimorando mais no meu mais novo ofício de fotógrafa, né não?

Espia só!









O bom de você ir pra casamento preparado é que sempre pode acontecer um imprevisto. Os noivos sempre podem precisar da sua presença como testemunha, na ausência de uma delss... kkkk... Bem, foi o que aconteceu com a gente. Uma das testemunhas foi hospitalizada beeem na hora do casório e nós tivemos que assumir o papel de padrinhos... #quecoisanão? rsrsrs... Como o noivo e Evandro são amigos de longas datas, não houve constrangimento da parte do amigo em pedir esse favor, assim como não houve constrangimento de nossa parte em atender ao pedido do amigo.

Inclusive, desejamos que Deus abençoe ao casal com toda a sorte de bênçãos!

Agora, minha geenteeee... Né lindo, o meu amor? Não, pode falar... eu deixo...

Tá, mas tira o olho que é meu, tá? Rá! rsrsrs

Abraços e Beijos!

Adna Maria.
P.S.: Amor, feliz nosso dia pra gente... Tá vendo que eu lembro?? rsrs... Te amo!!

TFLM: Look Casório do Amigo do Namorado!

Sábado passado teve casório de um amigo de Evandro e lá fomos nós prestigiar os noivos.

Para o evento, escolhi esse meu vestido de colação de grau, comprado no início de 2011 mas usado apenas 3 vezes (com essa). Olhando de um lado mais crítico, esse foi um investimento beeem salgado. 

Inclusive, ele é a peça mais cara que tenho em meu guarda-roupa, em todos os sentidos. É caro porque me custou 400,00 dilmas e é caro porque só uso uma vez ao ano. Usei no início de 2011, no início de 2012 e agora neste início de 2013... Ou seja, ainda não pagou o investimento. A cotação está na casa dos 133,33 por vestida. rsrsrs... O que me lembra de um conselho que li, acho que foi num dos livros de estilo de Nina Garcia, dizendo que se você tiver que investir um bom dinheiro em uma peça, que não seja em vestidos de festa. Porque a gente nem usa tantas vezes assim, pra compensar o dindim investido... #chato...

Mas olha só, em minha defesa devo dizer que eu nem tava querendo uma coisa tãããoo cara... Queria um vestidinho na base de R$ 200,00, no máximo. O caso é que minha colação tava se aproximando, eu tava sem tempo de procurar e, afinal, não tinha me agradado de nenhum outro que vi a um preço considerável. Resultado: entrei na décima loja do shopping Recife, experimentei, me agradei... comprei... e eis:












Me digam vocês... O que acharam? rsrs

Abraços e Beijos!

Adna Maria.
Créditos: Vestido: comprado numa loja do Shopping Recife, acho que chamada Amelle... Não lembro bem. / Clutch: comprada numa loja do shopping Guararapes, cujo nome não lembro de jeito nenhum... Essa foi R$ 60,00 / Sandálias: Vixe! Não lembro meessssmooo... Mas acho que foi na C&A, por R$ 70,00 / Pulseira, brincos e anel: comprados no Centro da Cidade do Recife, em lojinhas de bijuterias... Preços não lembrados.

SFQC: Pousada Thalassa - Pipa!

Nessa Segunda-Feira de Qualquer Coisa, eu vim mostrar um pouco da pousada que a gente ficou lá em Pipa... Já não era sem tempo né? 

Primeiro de tudo, nós fizemos as reservas num site chamado Booking.com e eu fiquei com medinho de que não desse certo, porque a gente sequer se deu ao trabalho de ligar pra saber se tava tudo ok... rsrsrs... Fizemos a reserva, colocando o número do cartão no site para que houvessem os devidos descontos em caso de desistência, e fomos embora, na cara e na coragem... 

... A escolha da pousada quem fez foi Evandro, e ele deve ter se baseado no fato de ter piscina, rede e wi-fi (pra ele um hotel pode não ter nada, mas se tiver um wi-fi já é meio caminho andado... kkk)...

... Ainda bem que quando chegamos, tivemos a grata notícia de que o negócio tava realmente reservado né? Já pensou se não? rsrs... Realizado o check-in, adivinha a primeira coisa que fiz quando cheguei no quarto? Tãdãdãdã... Fui tirar foto! kkkk... Antes que o setor se bagunçasse de vez, que eu num sou besta.

O cantinho era beeeemm gostosinho, muito limpo e um tanto rústico, exatamente como eu gosto. Lugarzinho organizado viu? Tinha até cofre dentro do cômodo, procês terem uma ideia... Espia!



Bem, fizemos o reconhecimento do quarto, eu li um pouco, Evandro navegou na net depois de ter brincado com o cofre, rsrsrs, cochilamos e saímos pra comer (já era de noite). No dia seguinte, fomos apresentados ao segundo lugar mais importante da pousada... O cantinho das refeições... Eitaaa, QUE café da manhã! A gente queria saber mais de sair de lá não, Pessoa! Era uma mesa central enorme e farta de dar gosto... Ahhh, e olha o que a gente encontrou... Um gatinho vesgo... #coisamaislindaaaa


Aí, feito o reconhecimento do local da comida, fomos ver as piscinas. São duas, mas essa aí (que Evandro já tomou pra si) tem uma parte mais rasinha pra crianças e pessoas pequenas, como eu... rsrsrsrs... Espia!



No finalzinho da tarde, depois de ter passeado nas águas de Pipa, voltamos pra Piscina e ficamos por ali perambulando... até decidirmos fazer o reconhecimento do bar. E é aqui que vai entrar a parte de quão os funcionários da pousada são educados, gentis e blá, blá, blá... Resumindo: o atendimento é ótimo. Quando a gente chegou, o cara queria ir logo pegar nossas malas no carro, ao que foi avisado que tava tudo uma zona e que, talvez na próxima... kkkkk... O cara da recepção nos disse, em um dado momento, que se no último dia de hospedagem quiséssemos sair na hora do check-out e voltar mais tarde pra tomar um banho, era só deixarmos tudo previamente organizado e falar com ele... Não precisamos voltar, mas foi bom saber que tínhamos essa opção. 
Mas bora deixar de falação e mostrar logo esse danadebar né? Oxe!


Dia seguinte, fomos tirar fotos dos outros cantinhos... O interessante é que o local é muito arborizado e, no caminho dos chalés, tem umas hortas devidamente emplacadas.. rsrsrs... À noite eles acendem tochas também no caminho dos chalés, o que deixa o lugarzinho ainda mais encantador. Vê só!














A Thalassa é daquele tipo de pousada que se você tiver com preguiça de sair, com certeza tem o que fazer lá dentro. Cê pode pegar uma bela leitura na rede ou à beira da piscina, cê pode pegar uma piscina, cê pode aproveitar o bar, cê pode tomar um bom vinho à noite na varanda... Aiai... Quero de novoooo!! rsrsrs... O valor que a gente pagou, cerca de R$ 400,00 pra duas diárias, foi muito bem investido e eu com certeza voltaria pro mesmo lugar muitas vezes... se tivesse dinheiro pra isso! kkkk

Ótima Semana pra todo mundo!

Abraços e Beijos!

Adna Maria.

SFC: O Grande Amigo de Deus - Livro!

"O grande amigo de Deus recria em forma de romance a vida fulgurante de Paulo de Tarso, o apóstolo São Paulo, que há 20 séculos enfrentou o mundo e o transformou.". É o que diz a sinopse.

Minha motivação pra ler esse livro foi a seguinte: Primeiro, como tenho formação evangélica, sempre ouvi falar no "espinho da carne", que acompanha o nome Paulo de Tarso em praticamente todas as citações sobre ele... Pelo menos era assim na Igreja. Eu ouvi falar tanto em minha vida sobre esse espinho, que queria saber que danado de espinho era esse, que "maculava" aquele santo homem de Deus. rsrsrs... Vou logo dizendo que não consegui identificar esse aguilhão não... Paulo tinha tantos "problemas" na vida, que eu acho que o espinho era simplesmente sua humanidade... kkkk... Pra quem ficou curioso, eis: saúde delicada, falta de beleza física, um olho cego, personalidade forte, religiosidade exacerbada ao ponto de achar o amor romântico uma afronta a Deus... Tudo colocado nas minhas palavras, ressalto.
Segundo, li em algum livro que ele era um ótimo negociante (de negócios mesmo). Num achei muito disso não, viu... Digo logo. A não ser, claro, por ter sido um ótimo orador e, por consequência, alguém que convencia muito bem às pessoas.

Como já falei anteriormente, o livro tem 700 páginas e fala desde o nascimento do apóstolo atééé... Não, ele não fala de sua morte... Aiai...
Como é narrado em terceira pessoa, por vezes são incrustados pensamentos e alguns detalhes da vida de outros personagens, o que faz a obra ser tão extensa.

Em linhas gerais, Paulo de Tarso, para os romanos, ou Saul de Tarshish, para os judeus, foi um fariseu profundamente apaixonado por suas convicções. Acreditava numa missão divina pra sua vida desde muito jovem e viveu seriamente em pró (pró ou prol hein? srs) desta missão, mesmo sem conhecê-la. Por isso não casou e, ao se deixar levar uma vez, na juventude, pelo amor erótico, se penitenciou severamente.

Desacreditou de Jesus Cristo (para os romanos), ou Yeshua (para os judeus), como o Messias Prometido, já que Ele não tinha vindo da forma imaginada pelos judeus, e o odiou profundamente, usando toda a intensidade que lhe era inerente. Após a morte de Yeshua, Saul entendeu que sua missão divina era libertar a humanidade dos novos seguidores de Cristo e foi a partir daí que começou a perseguir os judeus convertidos, se juntando a Pôncio Pilatos e a Caifás, apesar de odiar os romanos por ter submetido o seu povo... Parece confuso mas é isso mesmo.

Um dia, numa dessas "cruzadas" (me perdoem pelo nome dado, mas é que Paulo achava, assim como a Igreja Católica da Idade Média, que estava perseguindo os cristãos a serviço de Deus... Sendo a diferença entre ele e a Santa Igreja Católica que ele, Paulo, fazia isso realmente acreditando estar a serviço do Todo Poderoso. Enquanto a Igreja, bem... A gente sabe que tinha lá os seus motivos escusos né?)...

... Mas voltando para o tema Saul... Um dia, numa de suas cruzadas, a caminho de Damasco, ele teve um encontro (a revelação) com o próprio Messias, que perguntou-lhe o motivo de sua perseguição. A partir deste momento, Paulo se converteu ao cristianismo e, após alguns anos, começou sua pregação aos gentios (já que era um citadino inteligente, um orador fervoroso e conhecedor de várias culturas) alegando que Cristo tinha vinho para todos, e não apenas para os judeus, como estes acreditavam. Então, a gente conclui que é a partir de Paulo que nós, não judeus (e, portanto, gentios), conhecemos o Cristianismo. Por isso a sua importância para a Igreja.

O que aprendi: Os judeus acreditavam que o Messias viria de uma determinada forma e, como o seu modelo mental desta vinda não foi concretizado, muitos desacreditaram de Jesus Cristo (ele veio para os seus, mas os seus não o receberam).

Moral da História: Deus é Supremo e não faz as coisas de acordo com nossas vontades ou paradigmas... Pensemos nisso... Sem mais.

Minha Opinião sobre o Livro: É gostoso de ler. Não é cansativo. Nos faz pensar seriamente em alguns assuntos inerentes à fé. E valeu cada página lida... Só senti falta de alguns detalhes mais aprofundados da vida do nosso herói... rsrsrs

Bom Final de Semana pra Todo Mundo!

Abraços e Beijos!

Adna Maria.
P.S: Tentei ser o mais objetiva possível... Mas cês sabem que 700 páginas não são lá muito fáceis de serem reduzidas né? kkkk


QFB: Água Thermal Vichy!

Eu já disse pra vocês que viciei em espirrar esse negocinho no meu rosto? rsrsrs... Pois o Ministério da Saúde do LD adverte: o frasco ao lado tem uma substância altamente viciante e prejudicial à saúde do seu bolso.

Recado dado. Depois num vai dizer que eu não avisei!

Agora, Para quem lembra da minha decepção com a água thermal da La Roche e a minha longa procura pela Avène, tenho uma boa notícia: usei o líquido milagroso da Vichy e... funcionooouuuu!!! Êbaaaa!!! 

Domingo passado estava eu lá pelas bandas do Shopping Guararapes, quando lembrei que precisava comprar meu hidratante. Ou seja, eu tinha que entrar numa farmácia. 

Pois bem, não sei você, colega, mas sempre que eu vou na farmácia não consigo sair de lá simplesmente com o meu objetivo nas mãos. Nãããooo... eu tenho que comprar mais alguma/s coisa pra sentir que aquilo realmente valeu a pena, sabe? Aí, numa procura geral pelas prateleiras (tá ligado quando sua visão dá tipo uma vasculhada periférica geral e se fixa exatamente naquele pontinho escondido ao olho nu? Então...) me deparei exatamente com o frasquinho de Eau Thermale da Vichy. 

Me aproximei devagar, sem querer exatamente me aproximar... meio desconfiada... Fui só olhar... Sem compromisso... Tava tão decepcionada com a La Roche que realmente não pensava em levar... Nããão, eu não ia levar...  Imagina se eu ia? MAS EIS QUE... vi o preço... 36,00 dilminhas... Aaahh, o preço... Esse preço... Por esse preço eu levaria... R$ 36,00 por uma latinha de 150 ml...

Trouxe. Usei. Descobri que os efeitos eram exatamente iguais aos da Avène, por um valor bem mais adequado (hahaha). E amei!

E pra quem não sabe do que danado eu tô falando, clica no link lá de cima que você vai ver. Aproveita e clica nesse aqui também, pra você ficar ainda mais por dentro do assunto. Hehehe

Abraços e Beijos!

Adna Maria.

QFLD: Look Praia à Noite com Ele!

Opaaaa!! Cá estamos nós, fazendo de tudo pra não deixar a peteca cair. 
E na Quarta-Feira de Look Dele, o LD vai mostrar mais um look de Evandro, usado em nossa segunda noite em Pipa. E olha só, miniiinooo, dessa vez tem mais fotos! kkk... Ele deixôôôôôôuu (isso sou eu fazendo uma paródia de música, viu? kkk).

Então, neste post, nosso fotógrafo oficial vem com um look Praia-à-Noite.

Ispia, Pessoa, ispia!














Daí, depois de tirarmos fotos com todas as poses possíveis e imagináveis, e já famintos, saímos pra comer né?

Aah, a imagem do freezer da kibon ao fundo não é propaganda... É que não tínhamos como tirá-lo de lá mesmo... rsrs... Sorry!

O que acharam?

Abraços e Beijos!

Adna Maria.
Créditos: Camisa: não lembro beeemm onde compramos, mas eu acho que foi na Emanuelle (faz teeempoo). 
Bermuda: by Filó&Fulano.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...